Compartilhe:

25 dicas para dar uma festa em casa

Confira a seguir alguns aspectos que precisam ser levados em conta para organizar uma linda festa em casa!

Publicado por: Cida Ramos

dicas-para-uma-festa-em-casa

Em primeiro lugar é necessário definir qual o objetivo da comemoração, levantando todos os pontos que precisam ser trabalhados para valorizar a proposta. Depois, elabora-se a lista de convidados, que não pode ser tão extensa porque se trata de um evento mais íntimo, ou seja, realizado em casa.

Ao organizar uma festa ou recepção, vale a pena se preocupar com os detalhes e expressar o capricho como anfitrião. Procure deixar o ambiente bem aconchegante e agradável para acomodar os convidados, considerando se a festa é mais agitada ou familiar.

Conhecer o perfil dos convidados, calcular corretamente bebida e comida e caprichar na decoração são premissas para obter sucesso

Fazer uma pequena reunião para amigos ou uma recepção para comemorar algo especial em casa requer, antes de tudo, um bom planejamento. Desta forma, o primeiro passo para receber bem é elaborar a lista de convidados, para verificar ao certo a quantidade de crianças, adultos e adolescentes e, assim, organizar o evento de forma adequada – e dentro do orçamento previsto.

Com o número de convidados definido, o passo seguinte é planejar o tipo de festa de acordo com o período em que ela ocorrerá, para optar pelo café da manhã, brunch, almoço, coquetel ou jantar. “Depois, é interessante definir a temática da festa e a decoração, assim como as opções de entretenimento e até mesmo as lembranças”, afirma Elis Rinaldi, da Rica Festa (SP).

A faixa etária dos convidados aparece como critério determinante para a realização da festa, afinal, influencia na decoração, no cardápio, no repertório musical e nas atrações de lazer. Desta forma, a confraternização entre amigos com mais de 20 anos não é apropriada para a criançada, tal como a festinha infantil não é tão interessante para os adultos.

Antes de  fazer compras para a festa, é importante elaborar uma lista com todos os itens que serão necessários e depois fazer uma pesquisa de preços para não ultrapassar o limite do orçamento. Outro ponto importante é verificar se haverá espaço suficiente na casa para comportar o número de convidados. Se a resposta for positiva, pode-se dar continuidade à organização da festa caseira. Caso fique muito apertado, o ideal é escolher outro local ou diminuir o número de pessoas.

De acordo com Andrea Maia, do Buffet Tropikos Expresso Gourmet (SP), para obter sucesso na festa caseira é extremamente importante conhecer o perfil dos convidados, ou seja, saber quem são as pessoas e do que elas gostam. “Se forem mais despojadas, um serviço americano com petiscos pode ser uma boa opção. Já se forem mais tradicionais, vai bem um jantar ou um evento mais formal”, exemplifica Andrea.

 

Confira as dicas das especialistas para preparar toda a festa em casa, levando em conta até mesmo a quantidade de bebida e comida, a decoração e o entretenimento.

1. Sempre que fizer um convite – seja por escrito ou informal – peça para as pessoas confirmarem por e-mail ou telefone, para que você possa calcular corretamente a quantidade de comida e bebida. Se for um grupo pequeno, você mesmo pode telefonar e verificar o número correto de convidados.

2. Se a festa tiver um número médio ou grande de convidados, tome cuidado para não formar grupos isolados. Interaja com todos e apresente as pessoas que ainda não se conhecem.

3. Calcule previamente a quantidade de bebida a servir. Para um evento de quatro horas, Andrea Maia, do Tropikos Expresso Gourmet, indica 2,5 a 3 garrafas de cerveja por pessoa, se estiver no verão. Em dias mais frios, reserve 1,5 a 2 garrafas por pessoa.

4. No caso de servir espumante, uma garrafa geralmente serve duas pessoas. “Se for um prosecco bom, é melhor calcular uma garrafa por pessoa, pois serve apenas cinco tacinhas”, diz.

5. No caso do vinho tinto, o ideal é prever uma garrafa para cinco pessoas, pois a bebida é mais incorpada. Já para o vinho branco, calcule uma garrafa para três pessoas.

6. Para o refrigerante e a água considere 1,5 a 2 garrafas (500 ml) de cada um por pessoa.

7. Ao servir refrigerante, prefira as garrafinhas de vidro ao invés de latas ou garrafas pet. Este tipo de embalagem deixa o líquido mais geladinho e saboroso.

Pratos, copos e talheres podem estar alinhados com o tema da festa

8. Elabore o cardápio de acordo com a temática do evento. Por exemplo, se a festa é tropical, entradas frias, espetinhos de frutas e drinks tropicais servidos em um abacaxi podem ser opções bacanas. Em uma festa teen com tema de Hollywood, podem ser servidos pipoca, hot dog, barras de chocolate e balas coloridas.

9. Se a opção for pestiscos, eles também podem ganhar um ar mais sofisticado. A sugestão é elaborar canapés como carpaccio com molho de mostarda, morango desidratado com queijo brie ou melão com presuntinho.

10. Elis Rinaldi, da Rica Festa, dá os números para não errar na quantidade de comida. Para os salgados tamanho festa ou finger food, calcula-se aproximadamente 8 unidades por pessoa. Já os docinhos, 5 unidades por pessoa. “É importante lembrar que, dependendo do horário da festa, é necessário servir também um prato quente”, diz ela.

11. Se for um jantar tradicional, o recomendado é servir entrada, saladas, duas opções de carne (vermelha e branca), massa e sobremesa.

12. Se o evento for informal, com amigos mais íntimos, não há problema em utilizar copos e outros materiais descartáveis. Tem até opções mais sofisticadas, coloridas, com estampas e que até remetem a louças.

13. Não se preocupe se tiver de dar um jantar mais clássico e não tiver louça suficiente para isso. Existem lojas especializadas no aluguel de pratos, copos, taças, faqueiros e até guardanapos de pano.

14. Na manhã da festa, passe em uma floricultura e compre arranjos para espalhar pela casa. O mosquitinho e o tango são opções simples, bonitas e baratas. Evite lírios por conta do perfume mais forte (que pode “brigar” com o cheiro da comida).

15. Para a decoração, podem ser colocados centros de mesa com flores ou balões coloridos para enfeitar o ambiente.

16. Potes de balas de goma coloridas e bombons em formatos de coração, por exemplo, podem ser espalhados pela casa e também fazer parte da decoração.

17. Se a festa for noturna, pode-se utilizar velas, que, além de enfeitarem o ambiente, dão uma iluminação especial à casa.

18. Não se esqueça das toalhas de mesa, deixando sempre uma ou duas de reserva, para trocá-las caso se sujem durante o evento.

19. É necessário também providenciar os guardanapos. Podem ser de papel – os decorados e coloridos dão um charme especial – ou de pano, para festas mais formais.

20. Para garantir o entretenimento, em uma festa mais informal, pode-se dispor de karaokê, jogos de tabuleiro e aparelho de discotecagem.

21. Se tiver um número grande de crianças, é assertivo contratar monitores especializados ou algum tipo de entretenimento de acordo com a faixa etária, como teatrinho, personagens fantasiados etc. Outra solução, com menor custo, é separar mesinhas e cadeirinhas com papéis coloridos, cola e lápis de cor, para distrair os pequenos.

22. Não se esqueça da limpeza. Estabeleça um responsável para checar os banheiros durante a festa a cada meia hora e para recolher guardanapos, copos e pratos que não estão mais sendo usados.

23. Outra ideia é distribuir pequenos lixinhos, até mesmo decorados com o tema da festa, em alguns pontos estratégicos do ambiente, pois assim o próprio convidado acaba descartando os materiais usados.

24. Se for distribuir lembrancinhas, calcule sempre 15% a mais se a festa for infantil, pois muitas vezes as crianças levam um irmão ou primo.

25. Faça sempre um check list antes do evento para verificar se não faltou nada e também para ter maior controle do orçamento da festa.

Fonte: http://delas.ig.com.br

Recomendado para você

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *