Compartilhe:

Barba: Cuidados que os homens devem tomar

Hoje em dia o homem também está preocupado com a saúde e aparência. Observando de maneira global, são importantes três tópicos: alimentação, exercício físico e cuidados locais. O processo do barbear Os pêlos podem ser redondos ou ovalados, lisos e encaracolados. Também há diferenças na espessura, e é quando é mais fácil de haver problemas […]

Publicado por: Cida Ramos

1008814

Hoje em dia o homem também está preocupado com a saúde e aparência. Observando de maneira global, são importantes três tópicos: alimentação, exercício físico e cuidados locais.

O processo do barbear

Os pêlos podem ser redondos ou ovalados, lisos e encaracolados. Também há diferenças na espessura, e é quando é mais fácil de haver problemas de encravamento e infecção. O pêlo protege a pele e o ato de barbear funciona como uma massagem diária que previne o envelhecimento.

Os princípios ativos mais utilizados são aqueles a base de ácidos, calmantes e antioxidantes. Ácido glicólico, ácido retinóico, isotretinoina, retinol, são inteiramente para evitar o encravamento e a foliculite.

Os produtos à base de cetoconazol também interessam para acalmar e evitar a seborréia. Azuleno, alfa busabolol, antiinflamatórios e hidratantes não oleosos são importantes para evitar irritação.

O ato de barbear é um dos mais importantes na rotina do homem contemporâneo. Proporciona uma boa aparência e sensação de bem estar.

Porém, é um processo agressivo para a pele, principalmente se realizado de maneira inadequada ou com produtos de má qualidade. O tipo de pêlo também influencia no resultado: possuem características diferentes de espessura e formato que favorecem mais ou menos o encravamento.

Este processo pode levar a uma infecção chamada foliculite persistente. Esta se caracteriza por avermelhamento, dor e formação de pus. A foliculite nada mais é do que a inflamação e infecção do folículo pilo sebáceo, devido a encravamento e trauma.

 

Todos os passos para o ato de barbear são importantes, desde a preparação da pele até a finalização.

 

– O melhor momento para fazer a barba é durante o banho. O uso do vapor facilita o barbear e evita a inflamação dos poros. Com o calor, os poros ficam mais abertos e os pêlos mais macios.

– Quem usa barba deve dar preferência aos sabonetes sem sal, pois não ressecam a pele nem mancham os pêlos. Se a barba for muito áspera e seca, use condicionador para cabelo durante o banho para amaciar e hidratar os fios.

-Os pêlos são espessos devido à influência dos hormônios masculinos após a puberdade; quando se inicia a produção da testosterona, há a influência direta no aparecimento dos pêlos da barba e do bigode.

 

– Limpeza cuidadosa, com produto adequado, enxaguando e secando bem o local.

– Em seguida aplicar um produto de barbear, também adequado ao tipo de pele, amolecendo os pêlos, facilitando o deslizar da lâmina e diminuindo a irritação da pele.

 

Veja abaixo algumas opções e versões dos três tipos de preparos de barbear que hoje existem no mercado: Creme, Espuma e Gel. A indústria possui versões adequadas para os diferentes tipos de pele de cada um deles.

 

• Creme – possui componentes que ajudam o deslizar da lâmina e deve ser aplicado com pincel de barbear.

• Espuma – Possui ingredientes hidratantes e calmantes. Lubrifica e protege a pele, abrindo os poros e facilitando o deslizar da lâmina. Reduz a irritação e existem versões adequadas para cada tipo de pele.

• Gel – possui sistema anti-frição que facilita o deslizar da lâmina. Amacia e lubrifica a pele para um barbear mais rente e suave. Existem, também, versões adequadas para diferentes tipos de pele.

• Após a limpeza e uso do produto especifico, o pêlo deverá ser cortado, de preferência no sentido do crescimento, para evitar lesões.

• É importante que a lâmina esteja em boas condições, evitando que seja passada muitas vezes sobre a pele, causando, assim, mais irritações.

• Evitar usar álcool após barbear.

• Evitar produtos irritantes.

• Fazer compressas geladas ou de chá de camomila.

• Usar loções ou cremes para acalmar a pele.

• Evitar produtos gordurosos, assim como pasta de dente, pomadas e cremes de assaduras.

 

Fonte: www.umrostobonito.com

Recomendado para você

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *