• Curta nossa página
  • Siga-nos no Twitter
  • Encontre-nos no G+
  • Pinterest
  • Receba novidades no seu e-mail

Bolsa Louis Vuitton : Saiba como identificar a falsa e a verdadeira, dicas e fotos!

Por: Cida Ramos

Se você tem dúvidas quanto a originalidade de uma bolsa Louis Vuitton, e quer saber como identificar a falsa da verdadeira, veja dicas e fotos para não errar na hora da compra!

bolsa-louis-vuitton-aprenda-identificar-originais-das-falsas-capa

Você poderá gostar de:

-Bolsas Louis Vuitton, um sonho feminino 
-Bolsas Louis Vuitton: Sonho de consumo muitas!
-As bolsas, os sapatos e os detalhes da Louis Vuitton
-As bolsas mais caras do mundo

 

Como reconhecer uma Louis Vuitton verdadeira!!

Ter uma bolsa da marca Louise Vuitton é o sonho de consumo de muitas mulheres, ter mais de uma seria mais que bom! Mas todas as que desejam  ter uma “it bag”  uma bolsa grifada,  podem acabar  se aventurando em sites onde vendedores nem sempre confiáveis podem fazer com que a compra do objeto de consumo se torne uma verdadeira dor de cabeça.

Para que o objeto de desejo, não se torne um pesadelo, o PortalTudoAqui, trouxe algumas dicas, para lhe ajudar a ter segurança ao comprar uma das marcas mais copiadas do mundo , a Louis Vuitton. 

1) Se você gosta da Louis Vuitton, e por isso deseja comprar uma bolsa, a dica é que você conheça a marca, sua filosofia, conheça o modelo que quer adquirir. Se for possível visite uma loja LV e sinta o modelo, a textura, enfim, torne-se entendido sobre o produto que deseja adquirir.

2) Materiais diferentes(exclusivos) e séries limitadas são muito difíceis de serem encontradas, quem as tem, dificilmente querem se desfazer delas.Sim são caras! Algumas séries nem vem para o Brasil, e se o vendedor afirma ter comprado no exterior (costumo dizer que: “ninguém em sã consciência compra uma bolsa por R$3000,00 e a vende por R$300,00 ) pergunte onde foi comprada, se possui nota fiscal; se for de Miami, esquece, lá existe tanta LV falsa quanto na 25 de março.

3) A Louis Vuitton, NUNCA, reduz os seus preços, não existe promoção. Funcionários não tem desconto, e nem tão pouco existem outlets que as vendam com pequenos defeitos, as bolsas da Louis Vuitton que não estão de acordo com o padrão de qualidade são destruídas.

4) Na LV couro é couro, canvas é canvas (lona em inglês) toile é toile (lona em francês) sendo assim o Monogram CANVAS não é couro e não é plástico , é uma lona impermeável de altíssima qualidade que custa tão caro quanto couro, porém é mais durável e resistente, a lona recebe tratamento especial para que não desbote.Damier também é CANVAS. Epi, Suhali, Mahina, são confeccionadas em couro.

5) As ferragens devem ser brilhantes, os zíperes são abertos e fechados por uma máquina especial por mais de mil vezes, então se o zipper emperrar na sua mão ou não deslizar suavemente a bolsa é falsa! As costuras são simétricas, não sobra excesso de linha, em alguns modelos até a quantidade de pontos são contados.

6) LV tem que estar no centro da peça, e mais, o corte da bolsa nunca atravessa um LV pelo meio, NUNCA.

7) Forro: A Speedy Monogram Canvas, por exemplo, tem forro de algodão marron, na Damier Ebene, é em algodão na cor vermelha,alguns modelos como a Boulogne e a Papillon o forro também é em canvas, não existe uma LV de Monogram forrada com aquela camurça sintética e com um cheiro horroroso.

8) Date code: O Date code é composto por duas letras e quatro números, exemplo: CA 0091 (produto produzido na Espanha (CA) no mês de setembro (09) de 2001 (01)) com isso se a pessoa afirmar que comprou na loja por exemplo no ano de 2006, deve ter algo errado. A partir de 2007 os códigos mudaram, ao invés de variarem de mês a mês eles variam de semana a semana.

9) Se tem escrito: LOUIS VUITTON PARIS made in… e for made in SPAIN, USA, ALEMANHA ou ITALY fiquem mais tranqüilas, a maioria das falsificações preferem o prestígio da França(porta – cartões recentes, carteiras masculinas recentes são fabricadas na Espanha (SPAIN).

9.1) Segue abaixo a lista COMPLETA dos códigos utilizados pela LV para distinguir os locais de produção:

FRANCE: A0, A1, A2, AA, AN, AR, AS, BA, BJ, CT, DU, ET, FL, MB, MI, NO, RA, RI, SD, SL, SN, SP, SR, TH, VI, VX

USA: FC, FH, LA, OS, SD, FL

SPAIN: CA, LO, LB, LM, LW

ITALY: BC, BO, CE, FO, MA, RC, RE, SA, TD

GERMANY: LP

SWITZERLAND: DI, FA

10) Quanto mais velha melhor! Tem alças escuras em alguns pontos?Isso quer dizer que é realmente de couro natural, pontos das costuras bem paralelos? Forro de algodão ou canvas? Date code certinho (que indique uns bons aninhos de vida?)Preço justo? Se foi tudo afirmativo compre confiante.

Ah!!Aqueles cartõezinhos verdes de autenticidade que muitos insistem em mostrar, não existem, a LV, não pendura aquelas etiquetas de plástico com cordões e nem plástico nas alças. Quando você adquiri uma bolsa na maison, ela vem dentro de um saquinho de algodão que se parece com uma flanela ou feltro, embalada numa linda caixa marron, um verdadeiro LUXO.

SÓ PARA REFLETIR: uma bolsa chinesa é produzida por 1/10 do tempo que uma original leva, com 1/100 do carinho que uma original leva, o que resulta em 1/1000 da qualidade da original e apenas 1/10 do valor da original. Quem fabrica réplicas, não tem direitos,os funcionários trabalham como escravos e não recebem nenhum mérito por isso! Vale a pena comprar uma falsificação?

Ok, mas caso você ainda esteja em dúvida com a sua compra, entre no site http://www.louisvuitton.com/  e com o mecanismo de ZOOM você consegue enxergar todos os detalhes para que você possa ter mais certeza ainda de que seu produto é verdadeiro..

 

Dá só uma olhadinha..

Todos os detalhes batem direitinho, então tá mais que comprovado que é verdadeira!

Agora, tem algumas imitações que são tão falsas, mas tão falsas que basta olhar de longe que a gente já consegue identificar a gafe! Principalmente aquelas que nem conseguem colocar o logo certo, inventam logos de flores, estrelas e derivados! hahaha é péssimo!

maaas, vamos apontar algumas outras características de falsificação na cara dura!

Tip#1 – Uma bolsa nunca termina com o LV cortado! Ela pode até começar com o corte para centralizá-lo, mas terminar nunca na vida!

Tip#2 – O Pin da LV como eu disse não fica de ponta cabeça e não enferruja por ser banhado à ouro!

Tip#3 – Plásticos nas alças, vendas feitas sem ser em lojas próprias é mais do que sinal de falsificação!!

Tip#4 -A lona é mais encorpada, ela não marca, não dobra (a não ser que ela já venha por causa do seu modelo) e não descasca ou desbota!

Tip#5 – Os escritos Louis Vuitton Paris são fundos, nada de superficialidade!

Tip#6 – Se você convive com alguém que sempre usa a sua LV repare se a alça não anda escurecendo.. caso não esteja, tendo sempre essa cor branquinha é porque é falsa!

Não se deixe enganar: é melhor você comprar uma bolsa sem marca do que uma LV falsa e fazer feio. Quem conhece, sabe distinguir uma réplica de longe, viu?

E se você não se importa de usar réplicas, ao menos pague por elas o preço de réplicas. Comprar uma réplica a preço de original é inadmissível. 

 

 Fonte:http://www.blogbonequinhadeluxo.com/http://itskika.wordpress.com/

Comentários