Compartilhe:

Cabelos impecáveis: Cuidados de A a Z, uma lista completa com tudo o que se deve fazer – e evitar – para deixar seus cabelos perfeitos

Conheça todos os tipos de cuidados que você pode ter para ter cabelos perfeitos com tratamentos de A a Z.

Publicado por: Cida Ramos

tratamentos-para-ter-um-cabelo-perfeito-capa

Todos os cuidados que você pode ter para um cabelo perfeito você vai conhecer nesta matéria com tratamentos de A a Z para um cabelo maravilhoso, confira!

Aparar as pontas

Esse cuidado é essencial para manter a definição do corte e evitar que as pontas duplas apareçam. “Cabelos curtos ou com química devem ser aparados a cada 20 ou 30 dias”, diz o cabeleireiro Marcos Proença, do salão Marcos Proença (SP). “Quem tem fios saudáveis pode fazer manutenção com menos frequência, a cada dois meses”, completa. Segundo o expert, é mito a crença de que cortes constantes fazem o cabelo crescer mais e mais rápido. “A verdade é que ele fica saudável e, consequentemente, é mais fácil mantê-lo no lugar.” 

Bobes

Indispensáveis para quem gosta de cabelo liso, mas com volume e balanço. Opte pelas versões em velcro e coloque-os da seguinte forma: após a escova, espalhe uma musse de volume e comece a enrolar as mechas das pontas para a raiz. Atenção: os bobes devem ser posicionados sempre atrás de cada mecha. “Solte-os após 15 minutos ou quando terminar a maquiagem e use um pente largo ou apenas os dedos para pentear os fios”, diz o cabeleireiro Marco Antônio de Biaggi, do salão MG Hair Design (SP).

Chapéu

Além de charmoso e sexy, esse acessório ajuda a proteger seu cabelo e seu rosto dos efeitos nocivos dos raios solares. As viseiras, que fizeram sucesso nas passarelas da última São Paulo Fashion Week, também são uma boa opção para uma caminhada no começo da manhã ou no fim de tarde, períodos em que o sol está mais baixo.

Dose certa

Segundo pesquisa da Avon, as brasileiras têm, em casa, pelo menos sete produtos diferentes para cuidar do cabelo. Acontece que, se forem usados de uma só vez ou em excesso, esses itens acabam deixando os fios pesados e sem forma. Anote a quantidade certa. Xampu: porção do tamanho de uma moeda de 50 centavos. Condicionador: uma moeda de 50 centavos ou de um real, dependendo do comprimento. Musse: porção do tamanho de uma bola de tênis. Distribua-a aos poucos pela raiz e use um pente para espalhar pelo comprimento. Silicone: três gotas para fios compridos e duas gotas para os curtos. Após a escova, espere o cabelo esfriar, caso contrário, o tratamento pode pesar. Protetor térmico: moeda de 50 centavos. Retire o excesso de água antes de espalhar o produto. Máscara: moeda de 50 centavos ou um real, dependendo do comprimento.

Escova de cabelo

A escolha da escova certa faz toda a diferença no resultado final. Para conseguir o efeito desejado (liso, ondulado, com volume), é importante investir em uma de boa qualidade e ficar atenta a estas indicações: escova redonda e grande alisa e dá volume. Redonda e pequena é a mais indicada para modelar cabelos curtos ou criar ondulações. Escova raquete alisa sem tirar o movimento. Escova térmica otimiza a ação do secador porque sua estrutura de metal se aquece e auxilia na modelagem. Escova com íons é ótima para eliminar o arrepiado. Escova de madeira ou cerdas naturais é menos agressiva e diminui a eletricidade do cabelo fragilizado.

Folga aos fios

Eleja um dia da semana para dar folga ao cabelo. Não aplique nenhum tipo de produto e deixe de lado secador e chapinha. “Embora não haja comprovação científica de que fazer uma pausa traga benefícios ao cabelo, minha experiência mostra que, no dia seguinte, ele responde melhor à ação dos produtos e do secador”, diz o cabeleireiro Marco Antônio de Biaggi.

Ginástica e suor

O suor imperceptível que produzimos ao longo do dia é um dos responsáveis por manter a hidratação do cabelo. O problema aparece quando é fabricado em grande quantidade, como quando nos exercitamos. Isso porque ele deixa os fios mais frágeis, como qualquer outro tipo de umidade, e, ao usar um elástico para prendê-los, aumentamos a chance de quebra. Na hora de malhar, escolha presilhas e elásticos algodoados e prenda sem fazer muita pressão. “Quanto a lavar a cabeça, não há problema em repetir o procedimento a cada 24 horas”, diz o tricologista Ademir Júnior (SP), membro da International Association of Trichologists (ITA). “Temos pelos em outras áreas do corpo que são molhados diariamente e não sofrem dano nenhum em virtude disso”, afirma.

Hidratação reforçada

À medida que lavamos, secamos e expomos o cabelo a agentes externos, tais como sol, vento e água, ele vai perdendo sua hidratação. Por essa razão, todos os tipos de fio, até mesmo os oleosos, precisam de tratamentos de nutrição. “Nem sempre o cabelo oleoso é hidratado”, diz o tricologista Ademir Júnior. “Essa confusão é frequente, mas oleosidade vem de óleo e hidratação de água. Um cabelo pode ser oleoso e desidratado”, diz. Hoje, há no mercado diferentes tipos de hidratantes. Quem tem cabelo fino ou oleoso deve optar pelas versões líquidas, em spray. Os crespos precisam de produtos que pesem nos fios, por isso os cremes são mais indicados. Quem vive usando secador e chapinha pode escolher um protetor térmico com ingredientes nutritivos.

Inovação

Se você não dispensa a tintura, não pode deixar de experimentar Inoa, a primeira coloração permanente livre de amônia, criada pela L’Oréal Professionnel. Sua fórmula rica em óleo e sem cheiro não agride o couro cabeludo, clareia até três tons e cobre 100% dos fios brancos. E não é só: o oxidante em creme de Inoa, que potencializa o processo de clareamento, é composto por agentes que tratam a fibra capilar. A novidade chega ao Brasil em outubro e estará disponível apenas em salões.

Joias para enfeitar

Para incrementar suas produções noturnas, lance mão de acessórios que lembrem joias: presilhas ou pentinhos com swarovski, headbands com pérolas, laços com brilho, tiaras em tons de prata ou dourado.

Liso texturizado

Esqueça o liso chapado e artificial, o da moda tem volume e movimento. Para conseguir esse efeito, aplique musse antes de secar o cabelo. O produto impede que arrepiados surjam ao longo do dia e aumenta a durabilidade da escova. Invista também em produtos que deem brilho e tratem os fios, pois o penteado demanda acabamento impecável.

Massagem

Massagear delicadamente o couro cabeludo com a ponta dos dedos, ou mesmo com uma escova de cerdas arredondadas, estimula a circulação sanguínea. Por isso, é um ótimo antídoto para combater a tensão e revitalizar os fios. Quando feita antes de um tratamento, a massagem facilita a absorção dos nutrientes pelo couro cabeludo, otimizando os resultados.

Naturalidade

É a palavra-chave para conseguir um look atual. Produções muito montadas, que denunciem que você passou horas no salão de cabeleireiro, já eram. Para conseguir ondas naturais, no estilo de Gisele Bündchen, experimente espalhar um modelador de cachos e amassar os fios com uma toalha, indo das pontas em direção à raiz. Finalize usando um difusor. Se gosta de cabelo liso, a dica de Marco Antônio de Biaggi é aplicar um antifrizz nos fios úmidos e usar uma escova redonda e grande na hora de secar. A chapinha só deve ser usada da altura da orelha para baixo. Quando for fazer babyliss, solte os cachos com os dedos assim que terminar e não coloque bobes. Eles podem deixar as ondas marcadas e artificiais.

Óleo

O brilho é o maior benefício dos tratamentos à base de óleo, mas eles devem ser evitados por quem tem cabelo muito fino, pois podem ficar com aspecto murcho e pesado, ou com tintura vermelha, porque desbota com facilidade. “Esse procedimento é ótimo para quem não abre mão de fazer luzes”, diz o colorista Juha Antero, do MG Hair Design (SP). “Isso porque descolorir mechas resseca muito os fios e os tratamentos à base de óleo devolvem água. São super-hidratantes e deixam o cabelo macio.”

Pílulas

Os nutricosméticos são suplementos orais que prometem benefícios estéticos. Na Europa, esse mercado está consolidado e há várias opções para tratar pele, cabelo e celulite. No Brasil, a tendência despontou em 2008, com a chegada do Innéov Fermeté, produzido pela L’Oréal em parceria com a Nestlé. Em apenas seis meses, o país assumiu a liderança como o maior consumidor mundial do produto. Para diminuir a queda, aumentar o volume e o brilho dos fios há duas boas opções de nutricosméticos: Innéov Nutri-Care, L’Oréal e Nestlé, R$ 105 (caixa com 60 comprimidos) e Rennovee BeautySolution, R$ 99 (caixa com 42 comprimidos).

Química, química, química

Esse tipo de procedimento resseca e fragiliza os fios, tornando-os quebradiços. Para evitar contratempos, é importante consultar um bom cabeleireiro, antes de qualquer intervenção. “Se uma cliente já tem o cabelo tingido e deseja fazer uma progressiva, por exemplo, é preciso uma análise cuidadosa, para checar a compatibilidade de químicas e a resistência do fio”, explica o colorista Juha Antero. O profissional sugere que mulheres com cabelo tingido combinem hidratações mensais, feitas no salão, e semanais, feitas em casa. Atualmente, existem no mercado máscaras que agem em três minutos e podem ser usadas durante o banho.

Rebeldes domados

Sabe aqueles fiozinhos que estão nascendo e insistem em ficar fora do lugar? Podem ser domados com a ajuda de dois produtos: creme defrisante, que deve ser usado antes da escova, e pomada, que pode ser aplicada no cabelo seco, para assentar os que continuam em pé.

Secador

É imprescindível para manter o cabelo ou apenas a franja assentados. O problema é que ele favorece a quebra e a desidratação por causa do calor excessivo, que danifica as fibras capilares. Já que não dá para viver sem a boa e velha escova, o segredo para minimizar os danos é diminuir a exposição ao calor. Como? Retirando a maior quantidade de água que puder, antes de ligar o secador. O ideal é aguardar até que 2/3 dos fios estejam secos. O bocal do aparelho deve ser mantido a um palmo de distância da cabeça, em temperatura morna e movimento constante. Não se esqueça de usar um produto termoativo, que, além de proteger, facilita a secagem.

Tecnologia

Se você está à procura de um novo secador ou de uma nova chapinha, confira as tecnologias mais recentes, que estão sendo incorporadas a esses produtos. Turmalina: esse mineral é encontrado em secadores e chapinhas. Quando aquecido, emite uma grande quantidade de íons negativos, que ajuda a alisar, dar brilho e selar a cutícula, eliminando o frizz. Cerâmica: as placas de cerâmica, usadas nas chapinhas mais modernas, deslizam com maior facilidade e impedem a variação de temperatura, otimizando o alisamento. LED: a emissão de luz de diodo deixa os fios mais brilhantes e ainda proporciona ação bactericida. Cristais de jade: alguns secadores têm sua grade revestida com esse material, que oferece maciez e brilho aos fios.

Ultravioleta

A radiação ultravioleta danifica a queratina do cabelo, que é a principal proteína que o compõe, e a cutícula, parte mais superficial do fio, em forma de escamas sobrepostas. Com o excesso de sol, as cutículas ficam abertas e o seu interior, exposto. Resultado: perde-se brilho, hidratação e resistência. Para impedir que isso aconteça, é preciso usar produtos com proteção solar, que funcionam como uma barreira, reduzindo os danos provocados pelo sol. Outra sugestão é usar chapéus e bonés, quando for ficar ao ar livre. A empresa UV Line tem diversas opções com tecidos que filtram os raios solares. Confira no site www.uvline.com.br.

Volume

Deixa o visual moderno, com balanço e ar natural. Se você não abre mão da escova, fique atenta para que os fios não fiquem murchos. Uma boa orientação é aplicar um spray de volume na raiz, com o cabelo ainda úmido, e secar com uma escova redonda, puxando sempre para cima. Já quem sofre com o excesso de volume deve lançar mão de xampu, condicionador, leave-in e máscara que controlem os fios.

Xampu a seco

Além de retirar a oleosidade da raiz, esse produto ainda pouco conhecido pelas brasileiras também encorpa os fios e os deixa com aparência opaca. Por isso, é um bom aliado para quem tem cabelos finos ou para mulheres que gostam de penteados mais sofisticados, como o coque banana, por exemplo.

Ziguezague

Quem tem corte Chanel pode fazer uma risca em ziguezague, para dar um aspecto despontado e totalmente novo ao corte. Use a ponta de um pente fino e comece o trabalho de trás para frente, repartindo o cabelo ao meio.

 Fonte:http://revistamarieclaire.globo.com

 

Recomendado para você

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *