Compartilhe:

Combinação de lasers e peelings renovam a pele: Veja dicas, tipos e preços

Existem vários tipos de tratamentos e peelings para renovar a pele, saiba quais são eles e suas indicações.

Publicado por: Cida Ramos

ROSTO

Agora que o verão já passou, aproveite a temporada de outono-inverno para consertar os estragos causados pelo sol e rejuvenescer.

Os tratamentos para retirar manchas e ao mesmo tempo rejuvenescer, estão cada vez mais avançados e costumam apresentar resultados satisfatórios se o tratamento for feito adequadamente, por profissionais e respeitados os números  de sessões adequadas a cada tratamento.

Você poderá gostar de:

Confira o tratamento para tirar cicatrizes de acne e rejuvenescer

Deixe a sua pele perfeita: Passe a casca das frutas no rosto

Lipo a laser promete pós-operatório menor e sem sobra de pele flácida

 

Vejamos a seguir todos os tipos de tratamentos para retirar as manchas e para rejuvenescer que existem no mercado, falando também sobre os cuidados e os preços.

Tipos de manchas e suas causas:

Sardas: são manchas castanho-claras ou escuras e são causadas após a exposição UV e principalmente após a queimadura solar. Elas costumam ser mais freqüentes em pessoas de pele clara, cabelos loiros e ruivos. Atinge principalmente a face e membros superiores. Acentua-se no verão e melhoram no inverno.

Melanose solar ou senil: é causada por uma ação acumulativa da luz solar na pele, após décadas de vida. São manchas de até 1,5 cm de diâmetro, castanhas, aparecem no dorso das mãos, antebraços e face.

Melasma ou cloasma: Atinge o rosto, é mais freqüente em mulheres com mais de 25 anos, aparecendo após a gravidez ou terapia hormonal. Mas, também podem atingir jovens que nunca estiveram grávidas ou que nunca receberam hormônio. Homens também podem ser afetados por este tipo de mancha

Altamente recomendados para a época mais fria do ano, lasers e peelings eliminam as manchas, amenizam as rugas e melhoram o aspecto geral da pele. Em muitas regiões do País, a ausência do sol do forte na temporada outono-inverno é benéfica para a recuperação da pele, que deve ser preservada por algum tempo após os procedimentos estéticos.

Por aqui você confere as opções mais bacanas do mercado. Contudo, o tratamento para cada pessoa deve ser definido por um médico.

 LASER

Na categoria dos lasers, encontramos duas opções: os ablativos e os não-ablativos. Enquanto o primeiro remove a epiderme, ou seja, a camada externa da pele, os não-ablativos são menos agressivos, trabalhando principalmente na estimulação do colágeno.

Tipos de procedimentos com Laser

Laser de CO2 Fracionado: O aparelho possui duas ponteiras: enquanto uma penetra profundamente na pele, a outra atua superficialmente. Trata-se de um tratamento severo e ablativo, indicado somente para quem tem rugas muito marcadas. Além disso, o CO2 Fracionado promove o rejuvenescimento cutâneo e melhora o aspecto de manchas e cicatrizes. Segundo Luis Torezan, diretor da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, o laser fracionado é seguro, pois trata o rosto por colunas. “Apresenta menor risco de queimaduras e alteração da cor ou textura da pele”, afirma.

A descamação provocada pelo laser pode ser leve, moderada ou profunda, dependendo da densidade utilizada. “Como resultado, a pele se renova, apresenta melhora na tonicidade e as rugas mais profundas se suavizam”, comenta a dermatologista Denise Steiner, membro da Sociedade Internacional de Dermatologia. A recuperação pode levar de 10 a 15 dias, necessitando muitas vezes de analgésicos.

Laser Erbium, Erbium:Glass e Thulium: Quem apresenta envelhecimento de grau leve a moderado pode recorrer ao Erbium. Não-ablativo e menos agressivo que o CO2 Fracionado, ele promove a redução de linhas finas de expressão e marcas de acne. Outras opções para quem deseja reduzir manchas solares ou pequenas cicatrizes são o Erbium:Glass e o Thulium, ambos também não-ablativos. Eles atuam no colágeno e promovem o mínimo de descamação. “A recuperação dura uma semana”, orienta Torezan.

PELLING

A palavra peeling vem do inglês “peel” que significa descamar, desprender, pelar. Esse procedimento estético realmente faz com que a pele descame destruindo quimicamente as células epidérmicas, renovando-as.

É capaz de corrigir marcas, manchas, sinais de envelhecimento e melhorar visivelmente a aparência da pele. Existem vários tipos de peeling que deverão ser aplicados conforme cada caso específico.

O pelling renova a pele através de substâncias químicas que geram um processo de esfoliação, renovando as células do rosto. O resultado é a melhora do aspecto da textura da pele.

A técnica é indicada para rejuvenescimento facial, eliminação de manchas e das cicatrizes de acne. Cada tipo de face requer um tratamento especifico.

Pacientes com foto envelhecimento, ou seja, um envelhecimento mais severo, requer um tratamento com um pelling mais profundo. Ao mesmo tempo um paciente que tem uma pele mais jovem não há necessidade de ser submetido a um tratamento agressivo.

Alternativa ao laser, que não é recomendado para todos os pacientes, o pelling também é indicado para remover manchas, rugas e até melhorar a flacidez. O procedimento consiste em aplicar substâncias capazes de provocar reações que vão de uma leve descamação à remoção total da camada superficial da pele. Além do rosto, o peeling pode ser realizado no pescoço, colo, braços e mãos. “A novidade são os peelings combinados. É possível misturar diferentes tipos de ácidos e substâncias para obter o resultado desejado”, afirma a fisioterapeuta dermato-funcional Lorice Issa Miguel.

Tipos de Peeling

Peeling de Ácido Tricloroacético com Jessner: É um peeling de profundidade média, indicado para o rejuvenescimento de quem tem muitas rugas. Dois ácidos são usados na mesma sessão, o paciente sente uma leve dor após a aplicação, mas se recupera dentro de 10 a 15 dias.

Peeling Enzimático: É um peeling exclusivo para olheiras. Contém Êmblica, que é um clareador, e vitamina K1. Atua na cor arroxeada e descama minimamente o local. Após a aplicação, o paciente utiliza loções clareadoras com azuleno para potencializar o efeito do peeling.

Peeling Grego: Um aparelho solta um jato com partículas semelhantes à areia, que contém pó de cristal ou diamante. A microdermoabrasão é feita na superfície umedecida e há uma leve descamação e clareamento da pele. Também é conhecido como Hidromicrodermoabrasão.

Peeling Ultrassônico: Tratamento que promove limpeza nos tecidos e o seu enrijecimento. É superficial, reativa a circulação e deixa a pele macia e saudável. O princípio ativo do peeling é aplicado com um aparelho de ultrassom.

PEELING QUÍMICO

O que é?

É uma solução aplicada na pele, para renovar células e promover produção de novas. A sua função é criar descamação controlada em várias camadas de células danificadas.

 Quais os tipos de ácidos existentes?

Ácido retinoico, ácido mandélico, ácido salicílico, ácido glicóico, blue peel, fenol, entre outros.

Existem vários tipos de ácidos, cada um deles servem para várias patologias, uma coisa que é muito cuidada na hora de se fazer um Peeling, é  a duração do produto na pele, para um superficial (que as esteticistas podem aplicar), não deve-se passar dos 5 min, a partir dai ele se torna mais abrasivo, o que pode deixar a pele muito mais vermelha e descamando muito mais.

Ácido Retinóico – Outra opção é o peeling de ácido retinóico, recomendado em quase todos os tipos de pele e que também produz ótimos resultados. O ideal é 10 sessões. O uso de ácidos deve ser indicado e supervisionado pelo médico.

Resorcina – É um dos melhores peelings para eliminar as cicatrizes e manchas decorrentes da acne. A pasta com Resorcina não arde muito e provoca a descamação da pele depois de alguns dias da aplicação. Geralmente é necessário fazer mais de uma sessão.

Ácido Glicólico –O peeling de ácido glicólico geralmente é utilizado para tratamento da face, pescoço e mãos. Esse tipo de peeling é excelente para tratar as rugas precoces, manchas na pele e tratar a pele com acne e estrias.

Peeling de Fenol – Esse peeling é indicado apenas para os casos mais graves de envelhecimento cutâneo, ele é capaz de atenuar as rugas e marcas de expressão de uma única vez. Seja qual for o tratamento escolhido, é fundamental usar o filtro solar diariamente, alerta a dermatologista.

Quais patologias posso usar?

Diminuição de linhas de expressão, acne, melasmas e outros tipos de manchas, rugas, cicatrizes, flacidez

Cuidados básicos após Peeling

Não se expor ao sol, não retirar a pele que está descamando, hidratar sempre e filtro solar a cada 2 horas.

Existem vários tipos de pellings químicos:

SUPERFICIAL

É indicado para manchas e melasmas (distúbrio pigmentar da pele caracterizada por manchas escuras). Ele atinge apenas a superfície da pele. Após a aplicação o paciente já pode retornar a sua atividade normal.

MÉDIO

É indicado para rugas, marcas mais profundas, degeneração e cicatrizes. Atua mais profundamente na pele, quem submete a esse tratamento consegue  ver resultados melhores. Entretanto, fica de três a sete dias fora de circulação, até que uma pele fina e avermelhada apareça.

PROFUNDO

É aconselhado para uma pele extremamente enrugada. Porém a recuperação é mais lenta, em torno de dez dias. Eventualmente pellings mais profundos, como o difenol, o paciente deve ficar sob monitorização, e até mesmo sob sedação, por ser muito dolorido. A parte cardíaca e respiratória deve ser observada.

CRISTAL E DIAMANTE

Nos pellings de cristal ou de diamante é feita uma esfoliação através de um equipamento que tem uma ponteira, fazendo um lixamento mecânico na pele.

Após a aplicação de qualquer tipo de tratamento o uso de protetor solar é obrigatório.

Pacientes relatam uma sensação de pele limpa, renovada e rejuvenescida, a cada dia que passa.

Quanto custa o Peeling de diamante?

Os preços de peeling de diamante  variam dependendo da clinica escolhida e do tipo do procedimento. Em média cada sessão custa R$200, mas esse preço pode ser parcelado, e dependendo do local pode ser ainda mais baixo. A maioria dos clientes são mulheres, mas a idades variam bastante. Além da face, o tratamento de peeling de diamante também pode ser usado no combate contra as estrias. Para saber mais, procure uma esteticista ou clinica especializada em tratamentos de peeling.

É um peeling leve e retira somente uma parte da epiderme, podendo ser usado para preparo da pele para peelings químicos ou usado isoladamente com bons resultados. São necessárias de 5 a 10 sessões com intervalos 15 /15 dias ou até mensais que varia de acordo com a indicação. E o preço da sessão varia de 150 a 200 reais.

Quanto custa um Peeling quimico?

O preço do peeling químico  pode variar muito de acordo com a clinica onde será realizada o procedimento e dependendo do caso ainda é preciso que seja feita mais de uma vez o procedimento para que seja possível atingir um resultado satisfatório. O valor peeling de fenol gira em torno de R$ 3 mil e R$ 6 mil. Neste caso, o peeling é capaz de esticar a sua pele em até 25% para a realização do mesmo ante é necessário consultar um médico especializado no assunto para que sua saúde não seja prejudicada.

Antes de escolher a clínica procure se informar o máximo sobre a mesma para garantir que não acontecerá nada de errado.

Quanto custa um peeling para estrias?

Os preços peeling para estrias variam dependendo da clinica, do profissional e ainda do procedimento. Em média cada sessão custa em torno de R$100. Para um resultado satisfatório, é preciso fazer de 10 à 15 sessões. Aqui você confere um exemplo de antes e depois de peeling para estrias. Com a foto você pode ter uma idéia da funcionalidade do tratamento. Consulte um dermatologista de qualidade e saiba mais sobre o assunto.

OS PERIGOS DO PELLING

O especialistas alertam para os problemas que o pelling também pode trazer. Ele é uma agressão à epiderme, se você agride de maneira controlada tem um resultado bom. O problema é quando a pele já está muito fininha, essa epiderme está sensível, aí sim o pelling pode se tornar um fator de piora da mancha. Até mesmo algumas manchas podem ser causadas e/ou pioradas por causa do pelling.

Por isso a importância da necessidade de sempre procurar um bom profissional antes de começar qualquer tratamento estético.

Fontes: ig.delas / clinicadermolaser.blogspot.com/dicadahora.com.br

 

Recomendado para você

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *