Compartilhe:

Como pintar uma parede passo a passo

Nada melhor do que renovar o ambiente mudando as cores. Vamos aprender passo a passo como pintar uma parede sozinha e sem dificuldades.

Publicado por: Cida Ramos

mulher pintando parede

Chega uma hora que a vontade de renovar o ambiente é inevitável. Afinal, cores diferentes e cantinho renovado levantam o astral de qualquer lugar, pelo menos aqui em casa adoramos renovar as cores e a decoração da casa e isso acaba sendo muito divertido. Mas nessa etapa pode ser que contratar um pintor ou apelar só para o marido não seja a opção, então o jeito é colocar uma camiseta velha e pintar sozinha mesmo!

Mas, antes de escolher as tintas e sair pintando tudo, contenha a animação e atente para o que você realmente vai precisar e principalmente como a parede e o ambiente devem ser preparados. Por isso, montamos uma passo a passo de como pintar uma parede e de tudo que você irá precisar.

Passo a passo de como pintar uma parede

Antes de tudo, o ambiente que irá receber a pintura deve ser preparado para evitar machas no piso e nos móveis. Portanto é importante retirar o que for possível do local e cobrir o que não puder ser removido com lonas plásticas (aquele plástico preto ou azul que se compra a metro nas casas de tintas). Mesmo se você não for pintar o teto é importante cobrir os móveis para evitar o acúmulo de poeira que possivelmente irá surgir na preparação da parede. Por fim, forre o chão com jornal ou lona.

Materiais necessários

materiais-para-pintar-paredes

Vamos por ordem ok? Tudo vai depender é claro de quanto e como você vai pintar. Se for uma para uma reforma geral, vai precisar de muitas coisas. Se for para pintar uma parede ou um cômodo a compra vai ser menor, então tudo depende. Esses são alguns dos materiais mais básicos, alguns você vai precisar ou não dependendo do que você vai fazer,  então anote aí:

– Tinta (há vá! rs).
– Selador ou preparador de paredes.
– Lona plástica.
– Lixa fina para parede (n° 150).
– Rolo de pintura.
– Bandeja para pintura.
– Pincel para arremates.
– Fita crepe.
– Espátula.
– Massa corrida.
-Máscara
-Óculos ou máscara de proteção
-capacete, bota e outras coisas são para o caso de uma obra mais demorada e mais complexa.

Preparando a parede

preparando a parede com rachaduras

Um detalhe muito importante é atentar para o estado da parede que irá receber a pintura. Se houver rachaduras ou áreas mofadas e úmidas, os mesmos devem ser corrigidos como massa corrida. A massa já vem pronta para uso e a aplicação é muito simples, veja:

– Se a parede estiver com pequenas imperfeições (como acontece em paredes novas por exemplo), passe uma lixa fina em toda a superfície e em seguida verifique os locais com desníveis ou trincas.

– Para cobrir as rachaduras, coloque uma quantidade pequena de massa corrida na espátula e aplique na parede passando até encobrir.

– Espere secar. Dependendo da quantidade de massa aplicada isso deve demorar em média 1 a 2 horas. Em seguida lixe o local até ficar sem ondulações e o mais liso possível.

Em parede com excesso de umidade ou locais em que o mofo,  ai já fez algum estrago, o ideal é retirar a tinta escamada e o mofo com a espátula e aplicar uma tinta anti-mofo ou selador no local. Após secar deve-se usar a massa corrida, esperar o tempo de secagem e lixar novamente.

Pronta a primeira fase! A parede preparada é hora aplicar a fita crepe para não sujar batentes de porta e janelas. Aplique em todos os locais em que se dever fazer os arremates.

Importância do Selador

selador-para-preparar-a-parede

Outro detalhe importante é a selagem da parede antes de receber a pintura, altamente recomendado em paredes novas e que nunca receberam tinta, e locais com muita umidade.

O selador ou preparador de paredes ajuda a aumentar o rendimento e deixar a superfície pronta para receber as demãos finais,tem a função de preencher pequenas deformidades, tornando a parede mais homogênea. Paredes novas tendem a “sugar” muita tinta, então o selador além de ajudar a preparar melhor também ajuda a economizar na hora de pintar.Uma lata de tinta Premium (3,6 litros), por exemplo, que cobre em média uma área de 35 m², com o selador passa a pintar cerca de 50 m² por demão, garantindo mais economia à sua reforma. E isso é muito bom!

Além disso a maioria das marcas de selador já possuem ação anti-mofo conservando a tinta por muito mais tempo. Ele deve ser utilizado em reboco novo, concreto aparente, blocos de concreto e fibrocimento. Portanto vale a pena passar o selador se a sua parede nunca foi pintada ou recebe mais umidade.

Se você está fazendo somente uma “repaginada”  pode ser que não necessite o selador a não ser que exista mofo ou que se tenha feita muitas correções de rachaduras com cimento.

Como calcular a quantidade de tinta

Para saber a quantidade de tinta que você vai precisar comprar basta fazer uma continha básica. É preciso calcular o tamanho da área a ser pintada, veja como calcular:

-Meça a parede e multiplique pela altura do pé-direito (altura do chão ao teto).
-Em seguida, multiplique essa metragem pelo número de demãos (normalmente, duas a três).
-Diminua desse total a medida das portas, janelas, dos armários embutidos.
-O resultado da equação determina a metragem total. Algumas latas de tinta indicam a área que aquela quantidade cobre.

Qual é o acabamento a escolher – Fosco, com brilho ou acetinado

como-pintar-paredes-sozinha-escolhendo-acabamento-fosco-semibrilho-acetinado

como-pintar-paredes-sozinha-escolhendo-acabamento-com-brilho2

Antes de escolher o acabamento você precisa analisar o ambiente que vai pintar, se ele precisa de mais proteção contra sujeira, como um quarto de criança ou uma brinquedoteca. Ai a melhor opção seria uma tinta brilhante para facilitar a limpeza. Caso seja uma sala de estar, a mais indicada seria uma tinta com semi-brilho ou fosca. Para analisar melhor veja o que cada tipo de tinta pode lhe oferecer como acabamento final:

-Fosco: O acabamento fosco é ótimo para disfarçar imperfeições e irregularidades na parede.

-Brilhante: é o acabamento mais resistente, que impregnam menos sujeira e mais fácil de limpar. Mas se a parede não estiver perfeita ela mostra mais as imperfeições.

-Acetinado ou semibrilho: Tem pouco brilho, por isso não mostra tanto as imperfeições como a tinta com brilho e suja menos do que a tinta fosca. Mas geralmente custa mais caro do que as outras duas.

-Acabamento com brilho: Normalmente usada em banheiros, em paredes de escolas e lugares onde se quer evitar a sujeira e que seja fácil de limpar ou até mesmo lavar. Também tem custo alto e para retirar exige mais trabalho.

Qual é a sequência a ser seguida

A sequência depende do que e o quanto você pretende pintar. Se for fazer uma reforma geral vai seguir esse esquema:

– Teto. Se for pintar o teto também, comece por ele.
-Paredes
-Batentes e Portas
-Janelas
-Rodapés

Escolhendo as tintas

como-pintar-paredes-sozinha-escolhendo-as-cores

Agora vamos para uma das partes mais divertidas, a escolha das cores e tintas! Existem tintas com acabamentos diferentes que podem variar o tom da cor depois da secagem. Após escolher suas combinações de cores é importante testar em uma pequena região da parede e ver o resultado, isso irá dar uma boa noção do acabamento final.

Veja também >> Decorando o ambiente para atrair prosperidade

Quando você for a loja de tintas irá se deparar com tipos diferentes de acabamento sendo os mais comuns, os acrílicos acetinados, acrílicos foscos e os brilhantes, o que pode gerar algumas dúvidas na hora de escolher. Geralmente as tintas com acabamento brilhante funcionam melhor para área em que a parede suja mais pois como são mais resistentes e podem ser lavadas. Já as tintas com acabamento fosco e acetinados são ideais para esconder imperfeições na parede e tem um acabamento melhor.

Dica: Por experiência própria escolha tinta acrílica premium (independente da marca), o rendimento é muito melhor. Tintas de má qualidade não rendem muito e precisam de muitas demãos para ficar com uma boa cobertura sendo que uma marca premium 2 demãos já são suficientes.

Preparando as tintas

Bom, depois de tudo isso a vontade de pintar já deve estar grande, mas tenha um pouco mais de calma, pois agora devemos preparar as tintas. As tintas acrílicas podem ser diluídas com uma porcentagem de água potável, aumentando assim o seu rendimento e facilitando a aplicação nas paredes. Cada marca possuí a sua especificação de quanto de água pode ser misturado, mas geralmente é de 20% a 30%. Para facilitar pode-se usar um balde ou outra lata limpa de tinta para fazer a mistura. Lembre-se de misturar bem até ficar homogênea. Você pode misturar com um pedaço de cabo de vassoura, um pedaço de cano pvc,  com uma colher de pau, o que você tiver ai na sua casa desde que não solte resíduos e esteja limpo.

Veja também:

Orquídea radiante: A cor destaque para 2014

Se for necessária a aplicação do selador antes de fazer a pintura com a tinta, a mistura no selador com acréscimo de água geralmente é de 10 a 20%, também dependendo da marca. Após aplicação o tempo de secagem fica entre 2 a 5 horas dependendo do dia se está sol ou se o tempo está mais úmido. Não se assuste após a secagem se a parede ficar muito manchada, é normal, o selador costuma ficar assim mesmo. Ele serve para isolar e preparar a parede e não tem a função de acabamento.

E finalmente, como pintar as paredes

como-pintar-paredes-sozinha-passo-a-passo

Agora a parte divertida, vamos pintar!! Com a tinta já misturada, coloque um pouco da mistura dentro da bandeja de pintura. A dica é começar pelos “recortes” o nome que se dá ao ato de pintar a parede pelas laterais e cantos, ao redor das portas e janelas fazendo os arremates com um pincel. Após isso a pintura do restante da parede deve ser feita com o rolo e no sentido vertical para baixo e para cima. Procure não encharcar muito o rolo para não respingar muito ou escorrer pela parede, isso vai deixar um  resultado feio de acabamento. Tenha paciência, faça camadas finas, espere pelo menos 1 horinha para dar a segunda demão, ou se estiver cansada(o), pode dar a segunda demão no dia seguinte.

Geralmente 2 demãos já são suficientes para ter uma boa cobertura da parede. O tempo de secagem é de 2 a 5 horas (dependendo da umidade do local). Depois da secagem completa é só retirar com cuidado as fitas crepe dos locais e curtir o seu ambiente renovado. 🙂

Como fazer faixas coloridas

pintar-faixas-na-parede

Uma opção bem legal que pode dar um ar mais decorativo ao ambiente que você quer dar um “up” e não apenas e simplesmente pintar. E fazer aquelas faixas coloridas na parede. Veja como é o procedimento:

-Para começar,  trace-as com fita-crepe. Escolha uma cor para ser a predominante e alterne com tonalidades harmônicas ou branco antes da outra cor ou diretamente antes da próxima cor, se quiser intercalar direto.
-Comece cobrindo com tinta uma parte sim e outra não. Espere secar totalmente e retire a fita.  Pinte cada espaço com a cor desejada.
-Se quiser uma faixa branca entre uma cor e outra,com uma nova tira adesiva, cubra delicadamente a borda já pintada. faça com um pincel fininho  para dar o acabamento entre as cores.

Dicas importantes:

-Se sobrar tinta que já foi diluída, nunca, jamais em tempo algum, a misture com a tinta original, pois isso fará antecipar o vencimento do restante do produto! Se quiser reaproveitar, ela vai servir para qualquer reparo mais rápido, então guarde essa tinta dissolvida em um pote bem fechado, ou lata de tinta vazia, separada e etiquetada para você saber lembrar depois que ela já foi diluída e que por isso vai ter uma validade menor.
-E se a tinta cair no piso de madeira, cerâmica ou porcelanato, use acetona ou solvente à base de acetona e álcool etílico. Deixe agir por alguns segundos e esfregue com um pano. Feito isso, lave com espuma de sabão e água morna. Mas não faça isso em pisos laminados. Neste caso é melhor passar um com água e limpar o mais rápido possível.
-Deixe para tirar a fita crepe somente depois que secar, para não manchar e porque em alguns pontos a tinta pode vir junto com a fita.

Veja fotos de  paredes pintadas  para você se inspirar

como-pintar-paredes-sozinha

paredes-pintadas

paredes-pintadas2paredes-pintadas3

Espero que tenham gostado da matéria, deixe o seu comentário ou dica e obrigada pela visita 🙂

Recomendado para você

Comentários

4 Respostas para “Como pintar uma parede passo a passo

  1. ederaldo luis jacob disse:

    Gostei. Muito bom! Tudo bem explicado como preparar a parede. Como preparar a tinta; . .a mistura da água na tinta. A maneira de correr o rolo. Vou pintar minha casa.VALEU!

    1. Cida Ramos disse:

      Olá Ederaldo, pode fazer porque vai dar tudo certo. Aqui em casa eu e o meu marido pintamos a casa, o muro todos os anos. Dá tudo certinho, a única coisa que você não pode esquecer é de ler as instruções das medidas de mistura de água que vem na lata. Cada fabricante especifica, respeite essa quantidade certa para que tudo fique perfeito. Boa sorte ai, se puder depois passa aqui para contar como foi, vamos gostar de saber. Obrigada pela visita e pelo gentil comentário. 🙂

    2. Cida Ramos disse:

      Olá Ederaldo, que bom que você gostou, pode fazer porque vai dar tudo certinho se você seguir as dicas. Uma importante é não deixar de ler as especificações de mistura de água contidas na embalagem da tinta. Cada fabricante tem as suas instruções de acordo com o produto. Então respeite estas medidas para que fique tudo perfeito. Se puder passa aqui depois para contar como foi, vamos gostar de saber. Obrigada pela visita e pelo comentário. 🙂

  2. Graciete Santos disse:

    obrigada, foi de uma grande ajuda, pois estou querendo pinta o meu quarto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *