Por: Cida Ramos

Decoração Cozinha:Dicas e fotos

Por ser uma área de trabalho, a preocupação com a localização, tamanho, forma, ventilação,  funcionalidade, circulação, segurança, manutenção, elétrica, hidráulica, conforto para quem trabalha  e iluminação tem que ser muito maior.   Você poderá gostar de Churrasqueiras: Espaço GourmetEletrodomésticos ficam cada vez mais inteligentesFeng Shui: Aprenda a decorar equilibrando a energia da casa Localização: O ideal […]

decora____o-cozinha-capa

Por ser uma área de trabalho, a preocupação com a localização, tamanho, forma, ventilação,  funcionalidade, circulação, segurança, manutenção, elétrica, hidráulica, conforto para quem trabalha  e iluminação tem que ser muito maior.

 

Você poderá gostar de

 Churrasqueiras: Espaço Gourmet
Eletrodomésticos ficam cada vez mais inteligentes

Feng Shui: Aprenda a decorar equilibrando a energia da casa

Localização: O ideal é que a cozinha esteja perto da área social (área de jantar) e tenha fácil acesso para a área externa (para a chegada com compras). A cozinha pode ser ou não aberta para a sala. Neste caso é muito mais importante dar continuidade ao estilo da sala. Se esta for fechada, é bom que tenha também acesso à área íntima (quartos)  sem passar pela área social. 

Forma e tamanho: As mais fáceis de organizar são as quadrada e retangular. Pense, no planejamento, na quantidade de pessoas que usarão a cozinha ao mesmo tempo; 

Ventilação: Pense na ventilação (criando ventilação cruzada com as janelas – prefira as que possuam algumas venezianas fixas ou não na parte superior – e portas e, principalmente se a cozinha for aberta para a sala ou não tiver uma boa ventilação, em uma ótima  exaustão.  O fogão deve ser posicionado fora de correntes de ar.

 

Circulação e funcionalidade : A melhor forma de organizar a cozinha  é formando um triângulo cujos vértices são a geladeira, a pia e o fogão, nesta ordem e de forma que a soma das distâncias, em linha reta,  para ir de um ao outro não seja maior que 6 a 7 metros. Se for possível, a distância da pia à geladeira deve ser a menor.  Assim, vc pega o alimento na geladeira, leva à pia,  prepara e leva ao fogão para cozinhar.  Se isso não for possível, a pia deve ficar entre o fogão e a geladeira. A geladeira deve ser acessada sem ter que passar pelo fogão, principamente em casas com crianças.  Prateleiras de altura regulável são muito interessantes. Prateleiras estreitas acima do fogão também. Bancos, mesas  e cadeiras dobráveis são ótimos para cozinhas pequenas. 

 

O fogão deve ter o exaustor acima e se possível, bancadas laterais com 30 cm (mínimo) de cada lado. Perto dele devem ficar  recipientes com temperos, lugar para as panelas e gavetas. Se houver um forno separado ele deve ficar perto do fogão e também o forno de microondas. Uma bancada pequena próxima (resistente ao calor) é importante para apoiar os alimentos que saem do forno. 

Entre o fogão e a pia devem estar os liquidificador, batedeira, processador, etc , assim como os produtos usados nestes serviços, como açucar, farinha, etc. 

É ideal que a pia fique perto da janela, tenha 2 cubas e suas áreas de serviço (bancadas), 60 cm de cada lado (se possível). Perto da pia deve haver lugar para escorrer louça, máquina de lavar pratos (se houver), gaveteiros, lixeira. 

Perto da geladeira devem ficar a dispensa,  o freezer, enfim  as áreas de armazenamento.  Bancada ao lado da geladeira ajuda na hora de organizar as compras.

Para o bom funcionamento de uma cozinha deve-se distribuir os seus elementos formando o que se chama “Triângulo de trabalho“, cujos 3 vértices são a pia, a geladeira e o fogão, como visto no desenho abaixo, de preferência. Esta é a forma que permite que pessoa trabalhe com o menor número de movimentos de um ponto à outro quando está preparando as refeições.

 Segurança:

A cozinha deve ter o mínimo de ventilação permanente, que não possa ser fechada; Evite degraus entre a cozinha e a sala;  Ela deve se posicionar de forma que não seja um ambiente de passagem para outros muito usados;  Pense no uso quando estipular para que lado as portas e janelas devem abrir; 

Atualmente há um sem número de revestimentos para o piso, tampo, pia e paredes mas deve-se levar em conta a segurança (pisos devem ser antiderrapantes), a facilidade de limpeza, o coeficiente de atrito (o quanto o revestimento “aguenta” de atrito sem riscar), a porosidade (que deve ser baixa, para evitar “entranhar” sujeira. Quanto mais liso, mais fácil de manter), a resistência e os cuidados de manutenção.  Pense que pisos e rejuntes brancos exigem maior frequência de limpeza. 

Os revestimentos de armários devem também ser escolhidos observando a facilidade de limpeza, cuidados de manutenção e resistência. O ideal é que sejam elevados do chão, para facilitar a limpeza e manutenção. 

A iluminação é outro ponto importante: As bancadas e fogão devem ser bem iluminados. Luz incandescente não altera a cor dos alimentos, o que não ocorre com as fluorescentes comuns.  Atualmente já há fluorescentes com luz amarela que imitam o efeito das incandescentes, mas são mais caras.  Em contrapartida, lâmpadas incandescentes esquentam o ambiente, logo, tudo deve  ser bem dosado. Busque  ter o máximo de luz natural, com janelas grandes, por exemplo. As luminárias centralizadas no teto fazem sombra e por isso o ideal é usar iluminação sobre as bancadas, iluminação difusa no teto (tipo rasgos no forro com acrílico leitoso ou vidro fosco tampando). Pode ser usado também trilho de iluminação, caso não seja possível colocar forro. Spots nos armários altos são uma boa opção. 

Elétrica: Coloque um bom número de  tomadas nas áreas de trabalho, pensando nos eletrodomésticos que serão usados e tenha interruptores na entrada da cozinha e nos pontos de trabalho. Não esqueça das tomadas específicas de alguns eletrodomésticos. Alguns equipamentos exigem circuitos separados. Em geral, umas 4 tomadas sobre a bancada (10 cm do tampo) são o bastante. 

Hidráulica: Ao menos um ralo é essencial na cozinha. Máquinas de lavar pratos tem que ter pontos de água e esgoto. Algumas geladeiras hoje precisam de pontos de água. Os registros devem ser posicionados em locais de fácil acesso.  A melhor posição para a máquina de lavar louças é embaixo da bancada, usando o encanamento da pia. Um item de grande importância na cozinha é a impermeabilização. E uma boa dica é: Ao reformar, na fase antes da colocação dos revestimentos, fotografe e meça as distâncias da instalação hidráulica. Assim, no futuro, quando quiser colocar um quadro, por exemplo, não terá a surpresa de romper uma tubulação. 

Separe  a cozinha da área de serviço com uma porta de correr ou uma meia parede com vidro opaco. Não use lixeiras na pia. Lixeiras devem permitir abrir e fechar sem o uso das mãos. 

Materiais: Piso e paredes: Cerâmicas são ótimas para a limpeza. Mas atualmente muitos outros materiais são usados (madeira, tinta, cimento, etc) ; Bancadas: Granito é melhor que mármore, muito porosa; Madeira só bem impermeabilizada, laminados atuais competem com as cerâmicas. Pastilhas cansam se usadas em todo o ambiente. Tampos e Pias: Corian (limpeza somente com água e detergente), Aço inox (higiênico); Granito (os mais claros demoram mais a perder o brilho e resistem melhor às manchas. O inconveniente é que a cuba é embutida no tampo, criando áreas em que a sujeira pode se acumular) ; Madeira (mais sensível à água, tem que ser impermeabilizada de tempos em tempos, acumula sujeira difícil de ser retirada), etc.

Dicas 

Devemos escolher materiais resistentes e fáceis de manter, por exemplo bancadas de granito, mármore ou ardósia são boas soluções.

E não esquecer da luz, a lua é fundamental numa cozinha quer para cozinhas quer para as próprias refeições, quando possível aproveite a luz do sol.

Também devemos ter em conta a ventilação na cozinha, ela é fundamental para um ambiente respirável e agradável.

Devemos otimizar ao máximo de espaço, ocupando o espaço vertical com armários, sempre que for possível.

Quanto as cores, quase tudo é permitido, desde tons quentes de madeira reforçados por efeitos de cor de mel ou caramelo, cores como o laranja, o verde ou anis estão cada vez mais na moda.

As mesas podem ser redondas ou rectangulares, conforme os gostos, desde que bem combinado e arranjado, tudo cabe nas novas cozinhas modernas.

A zona de preparação de refeições, para a família ou amigos, assim como o espaço da refeição, transformaram-se actualmente, em cozinhas modernas, num espaço confortável com iluminação apropriada, móveis aconchegados e decoração alegre e bonita. Por isso, vale a pena planear bem a decoração da cozinha, pois será um local onde poderá passar muitos momentos agradáveis. 

 

Medidas:

 Veja as medidas abaixo (do site fazfacil) sobre as alturas na cozinha: 

Armários Baixos: 60cm de profundidade (com base de alvenaria de 5 a 7 cm de altura ou suspensos a 15 /20 cm do piso).

 Armários Altos: de 50 a 60cm da bancada, profundidade de 30 a 40 cm. Altura máxima: 1,80m. 

Nichos de 35 cm de altura x 8 de largura servem para pratos rasos. Para os fundos, 20 cm de altura. 

Prateleiras para copos e xícaras : 20 a 25 cm de altura.Panelas e travessas, 32 cm de altura. Gavetas com 20 a 30 de altura são o bastante  para panos de prato e toalhas e para os talheres, 15cm. 

Fogão: Em geral 80 cm altura

 pia/ bancada: 80 cm altura a 1,10 (depende de quem vai usá-la); Profundidade mínima: 60 cm 

Frontão (revestimento do tampo- ou outro- que se prolonga na parede á frente da pia,  para proteger a parede da umidade) : 10 cm ou mais

Fonte: http://www.simplesdecoracao.com.br/

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta