Dicas para um bolo perfeito

Veja nesta matéria todas as dicas e segredos para um bolo perfeito!

Publicado por: Cida Ramos

Você costuma “dar sorte” na hora de fazer um bolo? A verdade é que não se trata de sorte, e sim de técnica, porque para um bolo perfeito não é necessário muita habilidade e sim saber os segredos para que o bolo não dê errado nunca! Veja ficas para um bolo perfeito!

Não existe quem nunca tenha se derretido ao sentir aquele cheirinho delicioso de um bolo caseira recém tirado do forno. A sensação é reconfortante, o aroma invade a casa e fica difícil de resistir a não comer um pedaço do bolo mesmo que ainda quente!

A vontade só aumenta quando ele vai para a mesa e está lindo, perfeito, saboroso, dourado na medida certa, com aquela casquinha crocante e com uma massa fofinha e macia.

Por esse motivo quem coloca a mão na massa e parte para fazer um bolo sempre sente aquele friozinho na barriga com medo de que algo dê errado!

 

Veja também:

5 receitas de bolos para acompanhar o café

Os melhores glacês para confeitar bolos

 

Separando os ingredientes…

Uma das coisas a se pensar é respeitar as quantidades indicadas dos ingredientes mencionados, não mudar ingredientes e fazer o “mise em place” (termo em francês que consiste na etapa inicial do preparo. Ou seja! Separar todos os ingredientes, medidos, incluindo os utensílios). Dessa maneira, não se corre o risco de faltar algum ingrediente, e ter que sair correndo para um supermercado no meio da execução de um bolo. O que seria um verdadeiro desastre!

Afinal, esquecer a adição da manteiga ou fermento acaba por ser “fatal” para o bolo que se pretende confeccionar.

O fermento em pó deve ser guardado em local seco e arejado. Não deve ser guardado na geladeira. E deve ser colocado no final do preparo. Evite mexer muito, sempre de leve.

Ovos!!! Dê preferência aos grandes, ou chamados tamanho Extra. Faz toda a diferença no bolo. Os ovos servem para estruturar o bolo, dar leveza e liga aos ingredientes. Use ingredientes de boa qualidade, isso faz muita diferença.

Dicas para um bolo perfeito


1.
Muito importante também antes de começar é ler a receita até o fim antes de começar. É importante garantir que você tem todos os ingredientes antes de começar a mistura-los para prepara o bolo.
2.
Fique atenta(o) às medidas. Ao contrário das comidas salgadas, quando se trata de confeitaria as receitas têm que ser levadas à risca. Se você colocar 170g de farinha ao invés de 180g conforme a receita indica, acredite: isso pode fazer uma diferença enorme no resultado final, seja na textura, na cor, no sabor ou na aparência. Portanto, prefira receitas onde as medidas sejam em gramas e siga conforme indicado.


3. Pré aqueça o forno na temperatura indicada na receita. Se a receita indicar “fogo médio”, significa que deve ser aquecido a 180˚C. O forno frio murcha o bolo e queima o fundo da forma.

4. Use tudo em temperatura ambiente: manteiga, líquidos, ovos. Deixe todos os ingredientes separados 1 hora antes de preparar o bolo. Os produtos em temperatura ambiente garantem melhor resultado.

5. Peneire todos os ingredientes secos antes. Se der, faça isso 2 vezes.  Isso deixará os ingredientes secos, mais leve, aerado. A farinha absorve umidade, dessa forma, pode criar grumos, que devem ser eliminados. Caso contrário, na hora que entrarem em contato com os líquidos, ficarão encapsulados e nada poderá dissolvê-los.

6. Verifique se o fermento ainda está bom para uso. Que não seja guardado na geladeira e sim fora dela. Coloque uma colher de sopa num copo d’água morna e veja se borbulha. Se não, descarte. E lembre-se: o fermento é sempre o último ingrediente a ser adicionado na mistura do bolo.

7. Cuidado com os ovos, sempre os quebre separadamente em uma xícara, se quebrar os ovos direto na tigela e algum estiver estragado, irá perder todo o trabalho feito.

8. Claras em neve. Se a receita pede para bater as claras separadamente, faça isso antes de bater os outros ingredientes. Assim você não precisa lavar as pás da batedeira entre os processos. A clara em neve vai deixar seu bolo mais aerado e se forem misturadas com muita força e rapidamente esse efeito se perderá.

Foto via: leonikawano.blogspot.com

Contrariamente ao que muitos possam pensar, a massa do bolo não deve ser muito batida. Na verdade, apenas a mistura de gemas com açúcar  deve ser batida muito bem para que os elementos se misturem devidamente e aumentem de volume.

Se a receita pede para primeiramente bater a manteiga, com o açúcar e os ovos, bata bem até cremar, isto é, virar um creme esbranquiçado. Prefira usar manteiga ao invés de margarina, além do sabor ser bem melhor o teor de gordura também, isso deixa o bolo mas fofo.

Foto via: receitasdanairzinha1.blogspot.com

9. Nunca coloque os ingredientes de uma vez, vá colocando aos poucos. No caso da farinha de trigo, vá polvilhando com cuidado e aos poucos isso deixa a massa mais aerada.

10. Bata a massa do bolo em velocidade baixa, seja na batedeira ou no liquidificador. Alterne os ingredientes líquidos e secos. Se a receita indicar o uso de claras em neve bata-as primeiro e quando for misturar todos os ingredientes adicione-a por último com o auxílio de uma colher, isso resultará em uma massa de bolo fofinha.

 A farinha deve ser batida levemente, ou apenas envolvida para não desenvolvermos o glúten da farinha e obtermos um bolo “elástico” em vez de um bolo fofo.

Ao bater demais a massa pode potenciar outro problema: apesar do bolo estar com um “ótimo aspeto” dentro do forno, assim que o retira “baixa” porque a massa ficou com demasiado ar e o bolo não ficou com estrutura suficiente para conseguir suportar o seu peso.

11. Unte a forma que irá usar, com manteiga e farinha de trigo, mesmo se for de teflon ou silicone. Se o bolo for de chocolate, utilize chocolate em pó no lugar da farinha.

12. Quando for colocar a massa do bolo na assadeira, comece pelas bordas e deixe a massa escorrer para o centro e alise a superfície com uma espátula. Jamais bata a assadeira na bancada, para acomodar a massa. Isso só vai fazer sair todo o ar que você incorporou junto com as claras.

Foto via:gourmetegourmand.com

13. Nunca coloque mais massa do que metade da altura da forma utilizada.  Se você preparou uma receita grande demais para a assadeira que você possui, recorte tiras de papel sulfite, com 8 cm de largura (ou mais, de acordo com o modelo do bolo escolhido) e em quantidade suficiente para todo o perímetro da assadeira. Para ajeitar melhor as tiras de sulfite, passe um leve camada de manteiga ou margarina no sulfite enquanto ajeita o papel. Coloque a massa.  Ou  coloque massa até a altura da assadeira e encaixe as tiras de sulfite, termine de preencher com a massa.

14. Nunca abra o forno antes dos 25 minutos. O bolo vai solar se você fizer isso!

15. Não espete o palito no bolo. O melhor jeito de conferir se a massa assou por completo é usar o dedo indicador e pressionar levemente a superfície. Se afundar e demorar a voltar, ainda precisa não está pronto. Caso contrário, já pode ser retirado do forno. Usar o palito faz com que o ar da massa saia e atrapalhe o cozimento, podendo solar o bolo.

16. Salve o bolo que está asado nas bordas e crú no meio. Isso geralmente acontece com bolos de chocolate ou quando a forma é muito grande. Mas não se preocupe, há solução: com o bolo ainda no forno coloque papel alumínio por cima e deixe assar por mais 5 à 10 minutos.

17. Prefira untar a forma com manteiga ou azeite ou óleo de gergelim. Margarina tem muita água na composição e menos gordura e isso pode fazer com que o bolo grude na forma.

18. Se a receita que você está usando está em peso, use uma balança para pesar os ingredientes.

Mas se estiver em medidas caseiras, como xícaras e colheres, use tanto a xícara quanto a colher medida use de acordo com a receita.  Na hora de medir os ingredientes secos em xícaras e colheres medida coloque o ingrediente sem apertar, depois passe uma faca por cima para nivelar. Para medir manteiga em xícara ou colher medida, coloque a manteiga no recipiente e dê uma leve apertadinha para preencher os espaços vazios.

19. Se for usar raspas de casca de limão ou laranja, misture-as ao açúcar para que possam reagir. O açúcar junto com o limão, fermenta um pouco, deixando o bolo mais leve e fofo. Principalmente se o bolo for de chocolate, não deixe de colocar as raspas de limão. Bolos de chocolate são mais pesados e a fermentação do limão ajuda o bolo a crescer. Quando faço bolo de chocolate, além das raspas de casca de limão, eu também “azedo” o leite com o suco deste mesmo limão. O bolo vai ficar perfeito.

Foto via: Arroz de Minhoca

20. Se o bolo pede clara em neve, coloque a clara em neve no final (antes apenas do fermento) e mexa delicadamente na mão com um fouet ou colher grande com movimentos de baixo para cima para o bolo ficar aerado. Delicadamente gente, aqui a pressa é inimiga da perfeição.

Foto via: Panela da Ju

21. A última coisa que colocamos na massa do bolo é o fermento. Antes de colocar o fermento na massa, misture bem o fermento, o famoso agite antes de usar. Fermento é uma mistura de ingredientes e precisa ser misturada para ter um bom efeito.

Assim que colocar o fermento leve o bolo ao forno preaquecido. Não coloque fermento demais, cria bolhas em cima do bolo e fermento de menos deixa a massa pesada e até mesmo solada. Coloque a quantidade certa que a receita pede.

Foto via: Temperos e Desesperos

22. Deixe o bolo esfriar fora do forno, se ele continuar dentro do forno vai ressecar. Use um pano seco e coloque o bolo coberto sobre o fogão. Nunca coloque-o em bancadas frias, porque a mudança brusca de temperatura faz a massa murchar.

Foto via: receitasdmais.com

Deixe esfriar antes de desenformar, bolo fofo tende a quebrar se desenformado quente.

Foto via: wikiHow

23. Se for rechear, utilize um fio de nylon, linha ou barbante para cortar o bolo ao meio com mais facilidade.

Veja também:

Recheios para bolos

7 Top receitas de bolos para aniversário ou festas

Compartilhe esta receita Imprimir

Veja também

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *