Compartilhe:

Novo Focus Flex 2010 une potência e agilidade

Modelo 2010 é equipado com motor 2.0 Flex Duratec; carro chama atenção pelas linhas marcantes e arrojadas Visando unir potência com agilidade, seja com gasolina ou etanol, e confiabilidade, a Ford está lançando o modelo 2010 do conceituado Focus. O veículo traz o motor 2.0 Flex da família Duratec. Construído com bloco, cabeçote e pistões […]

Publicado por: Cida Ramos

novo-ford-focus

Modelo 2010 é equipado com motor 2.0 Flex Duratec; carro chama atenção pelas linhas marcantes e arrojadas Visando unir potência com agilidade, seja com gasolina ou etanol, e confiabilidade, a Ford está lançando o modelo 2010 do conceituado Focus. O veículo traz o motor 2.0 Flex da família Duratec. Construído com bloco, cabeçote e pistões de alumínio, é um motor leve e compacto, equipado com coletor de admissão variável. A nova transmissão manual, de produção local, é outro aprimoramento que reforça a dirigibilidade, um dos aspectos marcantes do DNA do veículo. Também vem mais equipado, com volante em couro com insertos cromados e faróis de neblina de série em todos os modelos. ”O Novo Focus é um produto de grande importância dentro do portfólio da Ford, que justifica a constante inovação em conteúdo e tecnologia. Foi o primeiro a receber o motor Sigma 1.6 Flex e, agora, com o novo Duratec 2.0 Flex, passa a contar com a linha de propulsores mais avançada do mercado. Esse é mais um motivo para afirmarmos que 2010 é o ano do Focus”, garante Antonio Baltar, gerente de Marketing da Ford. Por fora e por dentro, o Focus 2.0 Flex chama a atenção pelas linhas marcantes e arrojadas, criadas dentro do novo conceito de design Kinetic da Ford. Tanto no Sedan como no Hatch, a carroceria transmite equilíbrio e personalidade. O veículo é disponível nos modelos Sedan (quatro portas) e Hatch (cinco portas), com transmissão manual ou automática sequencial e nas versões GLX ou GHIA, somando oito catálogos. Na versão GHIA, a Ford inova com um conjunto completo de tecnologia e conforto, que inclui rádio My Connection com comando de voz, botão de partida sem chave Ford Power, ar condicionado automático e digital com controle individual de temperatura para motorista e passageiro, banco do motorista com ajuste de altura elétrico e ajuste lombar manual, teto solar elétrico, sensor de estacionamento traseiro e controle de cruzeiro. Desempenho O carro apresenta um ganho tanto na aceleração como na velocidade máxima com etanol e mantém o mesmo desempenho do 2.0 anterior quando abastecido com gasolina. Acelera de 0 a 100 km/h em 10,4 s com câmbio manual e 12,1 s com o automático, usando o combustível de origem vegetal. Com gasolina, conserva a marca de 10,5 s com transmissão manual e 12,2 s com transmissão automática. A versão manual atinge a velocidade máxima de 205 km/h (etanol) e 204 km/h (gasolina), enquanto a automática vai a 194 km/h (álcool) e 192 km/h (gasolina). O novo motor também é econômico no consumo de combustível. Com transmissão manual, faz a média de 12,9 km/l com gasolina e 8,2 km/l com etanol. Com transmissão automática, apresenta um consumo médio de 11,9 km/l com gasolina e 7,7 km/l com etanol, em medições feitas segundo as normas NBR 6601 (cidade) e NBR 7024 (estrada). Quanto ao preço, o modelo Sedan GLX sai por R$ 58.570 com transmissão manual e R$ 63.100 com transmissão automática. O Sedan GHIA tem preço a partir de R$ 67.450, ou R$ 71.900 com transmissão automática. Já o Hatch GLX custa R$ 56.570 com transmissão manual e R$ 61.100 com transmissão automática. Na versão GHIA, sai por R$ 65.450 com transmissão manual e R$ 69.900 com transmissão automática. A linha tem a vantagem da manutenção econômica, reforçada pela garantia de três anos sem limite de quilometragem. Fonte:Vrum.com.br / vaicomtudo.com

Recomendado para você

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *