Compartilhe:

Padrinho e madrinha: Saiba tudo sobre o assunto

Especialistas dão dicas para noivas evitarem situações inconvenientes no casamento.Quantos casais podem estar no altar? O que fazer com um casal de padrinhos que se separa? As situações parecem fazer parte da trama de um filme, mas acontecem, de verdade, em casamentos! Por isso, conversamos com cerimonialistas e especialistas em etiqueta para descobrir como as […]

Publicado por: Cida Ramos

bride-speeches

Especialistas dão dicas para noivas evitarem situações inconvenientes no casamento.Quantos casais podem estar no altar? O que fazer com um casal de padrinhos que se separa? As situações parecem fazer parte da trama de um filme, mas acontecem, de verdade, em casamentos! Por isso, conversamos com cerimonialistas e especialistas em etiqueta para descobrir como as noivas podem contornar – com elegância – esse tipo de situação.

Você poderá gostar de:

Vestidos de noiva, madrinha, damas: Alugar roupas de festa, vale a …
Vestido e cabelo de madrinha ou para qualquer festa parte II …
Madrinha da noiva: Dicas de como se vestir e fotos de vestidos …

 

Cinco dúvidas sobre padrinhos e madrinhas

 1. Qual o número ideal de padrinhos?

 De acordo com a cerimonialista e presidente da Abrafesta Vera Simão, o número de padrinhos depende do tamanho do altar. “Fica muito deselegante encher um altar de padrinhos, quase cobrem toda a vista do altar e a noiva some”, diz. A organizadora Kalika Cope, responsável pela empresa La Mabelle, fixa em três casais para cada um, mas dá uma dica: se mulheres e homens ficarem separados no altar, cinco para cada lado é o bastante. “Mais do que isso, dá má impressão”, completa.

2. E se uma madrinha está com um vestido igual ao da outra?

 “É uma situação difícil de acontecer hoje em dia”, explica a wedding planner Jamila Santana. Ela diz que as lojas e lugares de locação de roupa já oferecem listas para que as roupas não fiquem parecidas. Mesmo assim, se a situação acontecer, ela indica que uma das partes ceda. “Se as duas forem desencanadas, uma pode colocar uma echarpe, e outra uma flor no vestido. Se elas não forem, geralmente arranjo para que ambas fiquem distantes no altar, para que as pessoas não associem os vestidos iguais”, fala Jamila.

 Daniele Maio, da Struture Assessoria, aponta que a noiva pode ajudar suas madrinhas a escolher as cores de vestido para, assim, evitar a repetição no altar. “A mãe da noiva deve escolher primeiro, depois a sogra, então a irmã da noiva ou do noivo se estiverem no altar, e assim por diante… Lembrar que branco, marfim, preto: de maneira alguma!”, diz a assessora de eventos.

 3. Como lidar quando o casal de padrinhos se separa um pouco antes do casamento?

Mais comum do que parece, a situação causa uma grande saia justa no altar. “Eu aconselho não chamar ninguém no lugar”, diz Kalinka. Jamila fala que ou os noivos tiram o casal ou conversam, abertamente, com ele. A wedding planner conta que já aconteceu de uma madrinha usar o próprio pai como par depois que terminou com o padrinho.

 4. Como fazer quando duas madrinhas ou dois padrinhos não se bicam?

Quando dois convidados não se gostam, é necessário um grande jogo de cintura por parte dos noivos e muito bom senso por parte dos padrinhos. Kalinka diz que a noiva deve falar com os envolvidos na picuinha de forma sutil, para saber se eles aceitarão estar no altar em nome dos noivos. “Se a madrinha não puder lidar com isso, pelo bem de todos os envolvidos, recuse amigavelmente o convite”, aconselha.

Daniele Maio diz que tudo deve ser providenciado para que essas pessoas não fiquem próximas nem no altar, nem na festa, mas com a ressalva de que ambas se permitam não brigar pelos noivos. “Esse é o dia da celebração do amor, qualquer picuinha deve ser ultrapassada em nome desse sentimento e da amizade mantida entre essas pessoas”.

 5. O convite de madrinha deve se estender a seu par?

 “Não, não precisa convidar apenas casais. Normalmente amigos são escolhidos, uma amiga da noiva e às vezes um primo, amigo”, comenta Vera Simão. De acordo com Jamila Santana, um casal pode ser chamado para ser padrinho se ambos forem amigos de quem o convidar; se isso não acontecer, ela aconselha que se chame apenas a pessoa mais próxima mesmo. “A etiqueta diz que não é elegante chamar apenas um do casal, mas não é necessário segui-la se tudo for feito e falado com transparência”, termina.

Fonte:delas.ig.com.br/

Recomendado para você

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *