Compartilhe:

Receita de Hambúrguer caseiro: Dicas para fazer bem-feito e gostoso!

Veja nesta matéria, dicas preciosas da culinarista Cida Ramos Gregolin e dos chef,s de cozinha Benny Novak e Bruno Fischetti, para você preparar um delicioso e suculento Hambúrguer caseiro bem feito e muito gostoso.

Publicado por: Cida Ramos

hamburguer-caseiro-receita

A minha receita e do meu marido para não deixar de comer hambúrguer durante a Dieta Dukan  no dia de proteínas puras (PP), foi simples, bastou adaptar o prato sem o pão. Como nesta dieta se pode comer proteínas, fizemos o hambúrguer caseiro com 2 ovos, queijo minas frito na chapa, cebola no molho shoyo e barbecue e quando é dia de dieta de proteínas com legumes (PL) a gente coloca tomate, rúcula e alface crespa.

Nesta matéria você vai ver a nossa receitinha apetitosa de hambúrguer caseiro e as dicas de dois chef’s de cozinha para fazer com mais detalhes e mais requinte  o mesmo prato que se comem nos melhores restaurantes de São Paulo especialistas no assunto.

Todos nós sabemos que a dupla carne suculenta e pão fofo pode detonar a dieta mais rígida, mas é, também, uma ótima fonte de alegria. Ou não? A resposta é sim, mas você tem uma maneira de comer o hambúrguer sem comer o pão, basta fazer todo o processo e comer no prato.

Um disco de carne macio e suculento, grelhado, assado, chapeado ou frito. Geralmente servido entre duas fatias de pão fofo. O hambúrguer é simples, saboroso e tem cara de guloseima. Dependendo dos acompanhamentos (queijos, molhos, bacon), vira uma das mais deliciosas afrontas a uma dieta rígida.

Mas eu repito, dá para fazer uma versão sem o pão, ou uma mais leve usando pão integral e sem todos aqueles acompanhamentos que vão detonar a sua dieta. Mas se dieta não é o seu caso, o importante é que a carne vai ficar macia, suculenta, no ponto certo e você ainda vai aprender a fazer além do hambúrguer artesanal, os molhos maravilhosos para acompanhar essa maravilha!Veja dicas dos chefs Benny Novak e Bruno Fischetti para fazer em casa, com qualidade, um dos mais populares sanduíches do mundo o Hambúrguer artesanal.

Para fazer a nossa receita caseira de hambúrguer, escolha um corte de carne magra se desejar um hambúrguer magro, se quiser outro tipo pode ver mais abaixo as dicas dos chef’s. Pode fazer com picanha, fraudinha…

Receita caseira para hambúrguer – ( Cida e do André ) 🙂

hamburguer-caseiro-cida

Foto: CidaRamos – Para PortalTudoAqui

Ingredientes

1kg de carne magra (escolha um patinho, lagarto, ou assem) manda moer
1 cebola média
2 dentes de alho
1 colher de sopa cheia de tempero completo Arisco (eu uso o com pimenta).

Modo de preparo:

Coloque a cebola e o alho no processador e bata até formar uma pasta. Depois tempere a carne com essa mistura e com a colher de tempero completo Arisco. Eu não coloco mais sal, porque no Arisco já tem. Depois é só moldar os discos de carne em um prato e fritar em uma frigideira ou grelha bem quente. Não tampe a frigideira, deixe dourar por mais ou menos 3 minutos de cada lado. Se você fizer o hambúrguer bem grosso vai precisar de mais tempo para grelhar e não ficar cru por dentro. Eu deixo até formar uma “cascinha” escura.

Dicas da Cidoca!

Ai você se pergunta…Como vai dar liga? Não tem que colocar farinha de rosca, pão esfarelado? 

—Não, não precisa de mais nada! A carne já gruda sozinha, é só não ficar mexendo. Faz o molde no prato de sobremesa, coloca pra grelhar, deixa até dar a tostadinha pra selar a carne de um lado, depois pega aquela espátula grande que você deve ter ai na sua casa para fazer coisas na chapa, vira para tostar do outro lado e pronto!

Ai você pergunta outra coisa…Por que eu tenho que comprar a carne para mandar moer? A que já vem moída não é mais barata?

— Tá! Eu sei que a carne que já vem moída é mais em conta, mas compensa comprar a peça e mandar moer, porque você vai conseguir uma carne mais pura, menos gordurosa. Se quiser adicionar gordura, peça para colocar pedaços de bacon quando for moer, vai dar mais sabor e dizem os especialistas chef’s de cozinha que a gordura certa dá mais sabor ao hambúrguer, e eu sei. Antigamente eu colocava bacon pra moer junto…fica uma delícia, mas agora fazendo a Dieta Dukan, não coloco gordura. Não dá para emagrecer comendo a gordura alheia né ?!

—As carnes que já vem moída podem conter cebo na mistura, isso mesmo cebo! Já trabalhei em uma distribuidora de carnes, e quando fui representante, vendia para mercados grandes e açougues. Tem lugares que eles moem as carnes com adição de coração de boi, pelancas e outras coisitas mais. Tudo pra render e para que a carne fique mais barata, então não tem “milagre”. Se a carne moída está muito barata, desconfie! Fica a dica!

Acompanhamentos

Cebola gratinada no shoyo e molho barbecue 

Para acompanhar eu fatio outra cebola, que deixo dourar na frigideira onde preparei os hambúrguer’s. Eu corto a cebola em fatias, não em rodelas  . Tampo a frigideira para ela dar uma dourada, depois coloco o molho shoyo e barbecue, misturo e tá pronto.As vezes faço com mostarda Heinz ou Dijon, que são as melhores na minha opinião.

Fonte hambúrger caseiro: CidaRamos Gregolin

Os outros acompanhamentos ficam por sua conta. Dá para fritar ovos, queijo e comer tudo junto. Se você não estiver de dieta manda ver na batata frita para acompanhar ou batata rústica que tem a receita aqui em baixo. Tem também a receita do molho barbecue. Se quiser ver mais molhos além destes tem o canal com molhos aqui do Portal, você pode ver vários.

Dá também para fazer aquela batata frita  com bacon e cheddar do Outback, tudo de bom né? E combina super! Dá uma olhada ai em baixo e clica no link para pegar as receitas:

Veja Também:

Receita de molho Barbecue  <Clique no link ao lado para pegar a receita

molho-barbecue

Receita de Batata Rústica <Clique no link ao lado para pegar a receita

 batata-rústica-capa4

 Batata frita com bacon e cheddar do Outback <Clique no link ao lado para pegar a receita

batata-frita-com-bacon-cheddar

Para quem aprecia a boa gastronomia e deseja fazer um hambúrguer espetacular e com aquela carne selecionada e com toques de chef. Pode ver a matéria abaixo que eu li no IG, onde eles mostram as dicas de dois chef’s de cozinha de restaurantes em São Paulo. Achei interessante e resolvi compartilhar aqui. A minha receita é muito boa, mas se quiser mais do que um hambúrguer caseiro da Cidoca , pode ler e pegar inclusive as receitas dos molhos e as dicas.

Dicas dos chef’s para fazer um hambúrguer caseiro completo e bem feito:

hamburguer-artesanal-caseiro

Dica 1.Ingredientes

O hambúrguer suculento e macio não incorpora ovo, farinha ou outro produto. Só carne. “O segredo é usar uma peça fresca e de boa procedência. Seja picanha ou acém, o importante é confiar no fornecedor”, indica Benny Novak, chef e sócio do 210 Diner, de São Paulo. É preciso certificar-se que a carne seja moída na hora, que a máquina de moer esteja limpa e sem sobras de outras peças.

Dica 2.Como dar liga à carne picadinha 

A gordura ajuda para modelar e dar firmeza ao hambúrguer, além de irrigar e dar sabor à carne durante o cozimento. A proporção varia de acordo com o gosto do freguês, mas não deve ser superior a 20% ou inferior a 15% ou 10% do peso da carne, para os mais moderados. “Se a gordura não estiver presente no corte nesta proporção deve ser acrescentada durante a moagem da carne”, anota o chef Bruno Fischetti, da hamburgueria PJ Clarke’s, de São Paulo.
Dica 3.Tipo de carne

Fischetti indica a fraldinha, uma carne muito vermelha com bastante sangue e quantidade de gordura razoável para equilibrar o sabor no cozimento. Benny prefere outros tipos de cortes como a maminha, a alcatra, a picanha ou até mesmo o acém. Mais uma vez: o que vale é a qualidade da carne, o frescor e a procedência.

Dica4.Temperos

Temperos Cebola, salsinha, alho e pimentas variadas são ingredientes que muitas pessoas gostam de somar à carne moída. Os chefs consultados nesta reportagem, no entanto, acreditam que é suficiente usar apenas sal e, se for do gosto, uma pitada de pimenta-do-reino. A orientação geral é colocar o tempero sobre o hambúrguer só na hora de chapear, grelhar ou fritar. Temperar antes pode desidratar a carne.

5.Tamanho

O tamanho do hambúrguer depende da preferência, mas ele interfere na textura, na suculência e, óbvio, na aparência do lanche. Um disco muito fino pode ficar duro e cozido além da conta. Os especialistas indicam algo em torno de 160 gramas e 250 gramas, com altura de altura de 1,5 centímetro e diâmetro de 10 centímetros. Numa frigideira caseira o ideal é apostar em uma porção de 160 gramas, já que o fogo não é tão potente quanto o das casas especializadas.

6.Chapa, frigideira ou grelha

O tipo de cozimento é um dos principais pontos que diferenciam os hambúrgueres. A chapa, por exemplo, tem o mesmo processo de cozimento que a frigideira, mas com uma pequena diferença: a temperatura. A chapa retém mais calor e chega a graus bem mais altos que a panela caseira, o que permite selar (tostar as superfícies, sem cozinhar internamente) com mais facilidade. Já a grelha tem como diferencial o sabor característico defumado que a brasa empresta à carne. De modo geral, discos mais altos ficam melhores na grelha e os mais finos na chapa ou frigideira, já que a água da carne se solta na superfície e pode cozinhar a em vez de tostar. A dica aqui é usar em casa aquelas grelhas ou chapas para fogão.

7. O ponto do hambúrguer

Quando a carne passa do ponto, ela perde em sabor e textura. A sugestão para que o produto não mantenha a umidade é chapear, grelhar ou fritar em no máximo 10 minutos, cinco para cada lado do disco. “É o suficiente para selar dos dois lados e ir controlando o ponto”, anota Benny, defensor do hambúrguer vermelho, mais para o mal passado. Mas isso não é uma regra. “O importante é garantir a temperatura mais alta possível”. Vale o bom senso: quanto mais tempo no fogo, mais passado ficará o hambúrguer e, quanto mais fino, menos tempo ele precisa ficar na panela. Um dos piores resultados ao “esquecer” a peça no fogo é deixá-la com gosto de carne cozida.

8.Pão

Ciabata ou pão italiano combinados a uma boa mussarela de búfala, um suculento tomate e algumas folhas de rúcula formam uma saborosa combinação. Mas se a idéia é apostar no tradicional, o pão estilo americano, redondo e fofo, e que tem mais milho na receita, oferece um sabor mais adocicado que casa direitinho com a carne e o queijo. Também é importante que o pão esteja fresco e quente. A dica é passá-lo na chapa para tostar a superfície que ficará em contato com a carne. Como o centro da carne (principalmente as mal passadas) solta umidade depois do preparo, é indicado deixar que ela descanse antes de colocar no pão. Isso evita que ele fique molhado e desmanche na mão na hora de comer.

9.Acompanhamentos

Vai do gosto do freguês, mas fazem bom papel os legumes grelhados ou em conserva, como pepino ou chucrute e batatas em todas as suas variações (fritas, salteadas ou assadas). Eles podem vir dentro ou fora do lanche. Além é claro, do queijo. Vale qual tipo, só que o excesso pode mascarar o sabor da carne. Moderação.

Sugestões de combinações de Bruno Fischetti, do PJ Clarke’s

Americano

200 gramas de fraldinha moída,
2 fatias de queijo cheddar,
2 fatias de bacon bem crocante,
alface crespas,
tomate caqui e pão tradicional de hambúrguer.

Brasileiro

200 gramas de fraldinha moída,
2 fatias de queijo coalho,
1 ovo frito,
folhas e alface e tomate, acompanhado maionese caseira e pão tradicional de hambúrguer.

Sugestão do Francês

200 gramas de fraldinha moída,
2 fatias de queijo brie,
folhas de agrião,
molho bernaise, e pão francês.

 Mexicano

200 gramas de fraldinha moída,
2 colheres de chá de creme de queijo,
chilli beans,
creme azedo,
alface americana, e pão de milho.

Receitas dos molhos que podem ser usados no Hambúrguer:

Molho béarnaise

Rendimento: 960ml
Tempo de preparo: 1h

Ingredientes
3/4 de colher (chá) de pimenta-do-reino
1 colher de sopa de estragão seco
3 caules de estragão fresco picados
90ml de vinagre tinto
45ml de vinagre de vinho branco
90ml de água
180ml (cerca de 8 gemas) de ovos, frescos
720ml de manteiga clarificada, morna
3 colheres de estragão picado sal a gosto

Preparo

Coloque em uma panela pequena a pimenta-do-reino, o estragão seco e os caules frescos e o vinagrete. Reduza em fogo médio ate que esteja quase seco.
Acrescente o vinho e água e coe em uma tigela de aço inoxidável. Bata as gemas com a redução e coloque em banho-maria, sobre água fervendo suavemente, cozinhe batendo sempre, até que os ovos engrossem e formem fitas quando caírem do batedor.
Adicione a manteiga aos poucos, em fio fino, batendo constantemente, até quando a manteiga estiver toda misturada e o molho tiver engrossado.
Acrescente o estragão e acerte o sal. Pode ser usado também os 20ml de suco de limão para quebrar um pouco a consistência.

Receita de Creme de queijo

Rendimento: 500ml
Tempo de preparo: 30min

Ingredientes
567g de queijo fontina picado
340g de cream cheese
1 colher( sopa ) de sal
1/2 colher de chá de pimenta-do-reino moída
360ml de creme de leite fresco

Preparo
Faça um purê com os queijos até que derretam e formem uma mistura bem homogênea.
Tempere com sal e pimenta-do-reino e coloque o creme de leite batido até que estejam bem misturados, sem quaisquer grumos.
Cozinhe em banho-maria até formar um creme grosso.

Receita de Creme azedo

Ingredientes

200ml de creme de leite fresco
1 colher (sopa) de suco de limão
1 colher (chá) de sal

Preparo:

Bata tudo no liquidificador até ficar firme.

Fonte da receita do Hambúrguer artesanal de São Paulo: IG 

Espero que tenham gostado das dicas, e bom apetite!

Recomendado para você

Comentários

4 Respostas para “Receita de Hambúrguer caseiro: Dicas para fazer bem-feito e gostoso!

  1. Percival Nepumuceno disse:

    Nao consigo copiar esta pagina, farian a gentileza de me enviarem via e-mail, desde ja obrigado.

    1. Cida Ramos disse:

      Olá Percival, existe um botão laranja lá no inicio do post, com nome +share, colocando o mouse por cima dele, vai aparecer algumas opções, uma delas é imprimir por exemplo. Obrigada pela visita

  2. Misael disse:

    Olá, fiz a Dukan por 1 ano e pouco, foi sucesso, perdi 23kgs e estou mantendo…não faço a 5º PP mas vamo que vamo, agora uma dica para a cebola com shoyu, coloca ela cortada num recipiente junto com o shoyu e põe no microondas por alguns segundos (30) ele fica bem escurinha tipo a do Mc’Donalds..fica gostosa…estou testando uns hamburgueres também….Abç

    1. Cida Ramos disse:

      Olá Misael, bom saber! Eu e o meu marido estamos fazendo também, e já eliminamos 12 kgs. Espero chegar ao seu número em breve.Obrigada pela visita e pelo seu comentário,um grande abraço! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *