Receita rápida de carne na cerveja preta com creme de cebola

Hoje você vai aprender a fazer essa receita rápida de carne na cerveja preta com creme de cebola, que é um coringa na cozinha!

Quer uma dica para fazer uma carne “assada” na panela de pressão que fica muito saborosa e que não dá trabalho algum para fazer? Então faça essa receita e você vai se surpreender como ela fica maravilhosa. Aqui em casa todo mundo adorou, o maridão não parou de comer e pediu para eu repetir a receita no dia seguinte.

O molho fica parecido com molho madeira, na cor e textura, o sabor fica ainda melhor e você pode fazer com qualquer tipo de carne. Pode fazer com carne já picada, ai é só diminuir o tempo do cozimento. Pode fazer com carne mais simples ou mais sofisticada, ai vai da ocasião.

 

Veja também:

Batata gratinada com cerveja e bacon

Frango na cerveja preta e creme de cebola

 

De qualquer forma com essa carne pronta você pode variar os complementos e dependendo da sua intenção o pode incrementar nos acompanhamentos que você pode ver as minhas dicas lá em baixo no final da matéria.

carne-assada-na-cerveja-preta-creme-cebola-pomarola

Receita de carne na cerveja preta com creme de cebola

Ingredientes 

– 2 kg de carne magra
– 1 lata ou garrafa de cerveja caracu
– 1 embalagem de sopa creme de cebola
– 1 embalagem de molho pronto de tomate (eu uso Heinz pela qualidade, pode ser Pomarola ou o que você preferir)
– 1 copo e 1/2 de água
-4 dentes de alho picados
-1 cebola fatiada
-1 colher de sobremesa de arisco ou 1 colher de café de sal (opcional)

Modo de preparo 1

Coloque todos os ingredientes na panela inclusive a carne, depois que a panela começar a chiar conte 45 minutos. Depois disso espere esfriar, retire a carne, corte em fatias e coloque o molho por cima e sirva.

Modo de preparo 2 (Este é o meu modo de preparar)

-Já na panela de pressão, frite  o alho e a cebola em mais ou menos uma colher de azeite, deixe o alho e a cebola ficarem bem dourados eu deixo ficar quase queimadinhos, controlando, mexendo até dourar bem e dar aquela agarradinha, isso vai deixar o molho mais saboroso. Pode confiar.

-Enquanto frita o alho e a cebola, em uma frigideira sele a carne antes de colocar na panela de pressão. Sabe selar? Basta fritar ela por todos os lados, usando apenas umas gostas de azeite, mas se a sua frigideira for anti-aderente nem precisa, apenas frite ligeiramente para selar a carne. E para que fazer isso? Bem é para que a carne não deixe o soro sair, para que ela cozinhe e ainda conserve o suco por dentro e fique mais suculenta. Sem selar ela fica mais seca entende? 🙂

-Depois de selar a carne e de fritar a cebola e o alho, coloque a carne na panela de pressão junto com o alho e a cebola. Acrescente os outros ingredientes que você pode misturar bem em uma vasilha antes ou mistura dentro da panela mesmo. Depois espere ferver e quando a panela levantar pressão deixe cozinhar por mais ou menos 40 minutos.

-Passados os 40 minutos eu levo a panela à pia em baixo da torneira, para abrir mais rápido (eu sei que isso faz a borracha ressecar, mas eu sempre estou com pressa! E quem nunca?). Ai eu vejo se a carne está cozida, vejo se está bom de sal, se precisar acrescento uma colher de chá de sal, ou uma colher sobremesa de sal de tempero completo arisco, não fico sem ele, é o meu coringa na cozinha (isso para 2 kg de carne). E deixo cozinhar por mais ou menos 5 a 10 minutos depende da carne que eu escolhi. Uma vez que umas cozinham mais rápido de outras.

Dicas da Cidoca:
-Você pode depois de que a carne estiver cozida, acrescentar cheiro verde picadinho, pode colocar cogumelos fatiados e servir com arroz colorido (aquele com ovos mexidos, cheiro verde e batata palha), ou com arroz à piamontese. Que você pode ver a receita aqui.

-Pode servir com batata rústica receita aqui, ou apenas com farofa arroz branco e salada.

-Se quiser pode fazer essa receita usando uma picanha ou fraldinha essa, fica ótimo! No caso da picanha eu retiro o excesso de gordura e deixo só aquele pouquinho bem rente, ai na hora de selar a carne eu deixo esse lado fritar bem fritinho.
-Outra opção é rechear a carne com linguiça calabresa, bacon, cenoura e pimentão e incrementar ainda mais a carne  para os dias de festa, como aniversários, comemorações, Natal ou Ano Novo.

Veja as fotos do passo a passo da receita

carne-assada-na-cerveja-preta-creme-cebola-passo-a-passo

Sugestões de acompanhamento para a carne

-Você pode servir com arroz colorido, com batata palha por cima e salada

-Pode servir com arroz branco e batata soutê , com batata chic ou batata rústica

– Pode servir com macarrão usando o molho da própria carne como o da foto ai em baixo

macarrao-com-carne-panela-assada-cerveja-preta-sopa-de-cebola

Então, hoje resolvi voltar nessa matéria, porque eu fiz um macarrão rapidinho para o meu marido. Peguei o macarrão, cozinhei depois escorri, voltei com ele para panela, coloquei um pouco do molho da carne pra pegar um gostinho misturei por um minuto e depois é só servir com a carne junto. Dá uma olhada como ficou…

Espero que gostem da receita, se você fizer volte aqui e deixe o seu comentário eu vou adorar. Obrigada pela visita e bom apetite! 🙂

Artigos Relacionados

37 comentários em “Receita rápida de carne na cerveja preta com creme de cebola”

    1. Oi Mayara, é sim. Aquele de plástico com tampa vermelha (porque eu gosto daquele com pimenta) se preferir compre o com tampa azul. (o que não tem pimenta) Obrigada pela visita e pela pergunta. 🙂 Beijos

    1. Olha Cris, eu nunca fiz, mas acho que pode sim. É panela de pressão então tá valendo. Só não sei se o tempo de cozimento vai ser o mesmo, mas acho que deve ser sim. Obrigada pela visita e pela pergunta.

  1. Mariléa Coelho Ribeiro

    Maravilhosa, acabei de apagar o fogo, vamos saborear acompanhada de arroz com lentilhas!!! 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏🏻 👏
    Valeu a dica! 🏻

  2. Patrícia Madeira

    Simplesmente maravilhoso!! Obrigada pela dica da receita! Estava procurando na Internet quando me deparei com a sua página e amei o modo como vc explicou!! Virei fã de carteirinha, além do fato de ter recebido elogios da minha família!!! Arrasou! ♡

  3. Fiz ontem para o jantar comprei acém bem limpinho e servi com arroz branco, ficou delicioso! Todos aprovaram!!! Da próxima farei um purê pra acompanhar 😍👏 amei a receita!

    1. Thainná que bom que você gostou! Adorei a ideia de fazer com o purê para acompanhar,eu adoro purê 🙂 Faz sim vai ficar ótimo! Obrigada pela visita e pelo comentário 🙂 Beijos carinhosos!

  4. Olá Cida Ramos
    Gostei imenso da receita, mas não tenho panela de pressão, posso fazer no tacho normal?
    Sendo assim quanto tempo demora a cozinhar ?
    Fico a guardar a sua resposta. 🙂

    1. Olá Gisela, eu nunca fiz em uma panela normal, mas acredito que o tempo deva dobrar. Então acho que uma hora mais ou menos deve dar. Mantenha a panela tapada para não evaporar o líquido do molho ok? Obrigada pela visita e pela pergunta. 🙂

  5. Olha, com todo o respeito, selar a carne para cozinhar é pura perda de energia e tempo. Já foi comprovado cientificamente que a carne selada ou não, para cozimento, não faz a menor diferença. No caso da carne assada, existe, sim, um ponto de equilíbrio de calor que não afeta a contração das fibras, a ponto de ressecá-la. É complicado, considerando que o interior da peça, no caso da assada em forno, churrasqueira ou grelhada, fica difícil saber a temperatura interna da peça – cerca de 60º graus centígrados -, principalmente o assado de forno. Na churrasqueira, como o controle é mais visual, assim como grelhar na panela ou frigideira, com a prática é possível identificar o ponto certo (depende tb da quantidade de energia emanada da fonte de calor). Dessa forma, cozinhar, fará com que a água dos temperos, condimentos etc, se misture com o suco da carne.

    1. Olá Ronaldo, antes aprendemos que selar a carne poderia garantir os sucos, mas depois vimos que isso não acontece. Porém, selando eu tenho uma cor melhor como resultado final, não fica aquela cor de “carne de hospital”. Sei que essa seladura não ajuda a deixar a carne suculenta por dentro, mas também não atrapalha. Então continuo preferindo selar antes. Acho que não solta o suco tão rapidamente e a carne fica mais dourada. Principalmente em outros pratos que não levam esse molho de cerveja preta e molho de tomate que já dá cor. Obrigada pela visita e pelo comentário. 🙂

  6. Claro, não me desagradei com o método, apenas sei que o suco da carne, neste caso, vai se manter junto às fibras.
    Boas receitas!

  7. Carla Daudt Bordinhão Köche

    Boa noite. Receita anotada. Com certeza farei. Eu gosto de carne com gordura então pergunto: algum problema se a mesma for “gordinha”?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.