Compartilhe:

Sete erros que ‘detonam’ sua dieta

Jejum prolongado, ‘pular’ refeições, comer muito rápido são algumas das ‘armadilhas’ à espreita de quem faz regime Todo mundo já deve ter ouvido falar que, para entrar em forma, não basta fazer exercícios. É preciso ficar atento à alimentação e tomar uma série de cuidados com qualquer tipo de dieta. A orientação de um profissional […]

Publicado por: Cida Ramos

briga-com-a-balanca-455x324

Jejum prolongado, ‘pular’ refeições, comer muito rápido são algumas das ‘armadilhas’ à espreita de quem faz regime Todo mundo já deve ter ouvido falar que, para entrar em forma, não basta fazer exercícios.

É preciso ficar atento à alimentação e tomar uma série de cuidados com qualquer tipo de dieta. A orientação de um profissional é sempre fundamental para que você não cometa alguns deslizes.

Pensando nisso, a nutricionista da Unifesp, Flávia Bulgarelli, selecionou os sete erros mais comuns que as pessoas cometem ao fazer dieta.

7 Erros que detonam a sua dieta!

>>Jejum prolongado – Ficar muito tempo sem comer é um dos principais erros de quem faz regime. Quanto mais prolongado o período sem se alimentar, maior será a ansiedade e a quantidade de comida consumida na próxima refeição. O ideal é fracionar as refeições em pequenas porcões, consumidas em média a cada três horas.

>>Deixar de comer carboidrato ou proteína – Em hipótese alguma se deve deixar de comer qualquer substância por muito tempo. A proteína, por exemplo, fortalece as unhas e os cabelos, e sua falta os torna bastante quebradiços. O carboidrato, por sua vez, ajuda a aumentar a massa muscular. A nutricionista lembra que, na falta do carboidrato, o organismo passa a buscar outras fontes de energia, atacando os músculos e causando flacidez. Cada nutriente tem função específica no organismo e deve ser consumido de forma balanceada, e não ser cortado do cardápio.

>>Trocar refeições por frutas – Ao contrário do que muita gente acredita, as frutas não são mais saudáveis do que uma refeição. Flávia alerta que esse é um erro grave, porque o almoço e o jantar devem ter um valor energético alto, baseado em diversos alimentos.

>>Pular refeições – Esse é um dos piores erros de uma dieta, segundo Flávia. O café da manhã, por exemplo, é uma das refeições mais importantes do dia. “O café da manhã é a base energética para o dia. Se não for realizado, o corpo deixa de fazer a liberação de glicose adequada e suficiente para o dia todo”, explica. Pular o almoço também acarreta prejuízos e excessos. “Quando se deixa de almoçar, a tendência é compensar todas a carência de alimentos no jantar. É aí que mora o perigo, pois à noite não há gasto de energia e a alimentação exagerada pode provocar aumento de peso e ganho de gordura”, esclarece a nutricionista.

>>’Beliscar’ – Quem nunca ficou ‘beliscando’ entre uma refeição e outra que atire a primeira pedra. Flávia afirma que petiscar não é problema, mas o ideal é determinar o horário e a quantidade a ser ingerida. Procure comer a cada três horas e coma pequenas quantidades. Dessa forma você controla quando e quanto está comendo.

>>Comer muito rápido – De acordo com a nutricionista, 90% das pessoas se alimentam muito depressa. “Quando comemos rápido nosso organismo não atinge a sensação de saciedade. O estômago precisa de cerca de 20 minutos para enviar uma mensagem ao cérebro informando que já está satisfeito”, explica.

>>Não beber água – Água é essencial para hidratar o corpo e ajudar no controle da fome. Não beber ou ficar muito tempo sem ingerir e depois tomar vários copos seguidos de uma só vez acaba sendo prejudicial ao organismo. O indicado é consumir, fracionadamente, cerca de 2 litros de água por dia. Se você aliar uma dieta equilibrada, e principalmente adequada à sua rotina, com essas dicas, com certeza chegará ao seu peso ideal com muito mais facilidade.

Fonte:bonde.com.br

Recomendado para você

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *