Compartilhe:

Tudo o que você precisa saber sobre tratamento de todos os tipos de cabelos

Saiba como conhecer e tratar todos os tipos de cabelo da forma adequada e conseguir ter um cabelo saudável e bonito

Publicado por: Cida Ramos

como-conhecer-e-tratar-todos-os-tipos-de-cabelos1335

Nem todos os cabelos são iguais, e assim sendo existem maneiras diferentes de tratar e cuidar de cada tipo de cabelo. E para isso você vai precisar identificar o seu tipo de cabelo para depois começar a cuidar dele corretamente.

Você poderá gostar de:

Dicas para o cabelo crescer mais!
Como cuidar dos cabelos: Dicas para você ter um cabelo lindo!
Cabelos: hidratar, fortalecer e dar brilho sem gastar quase nada!
Tudo o que você precisa saber sobre tratamento de todos os tipos de cabelos
Cabelos. Produtos que evitam a queda de cabelo

 

A melhor maneira de cuidar dos cabelos começa aprendendo a fazer uma boa lavagem.
Lavar os fios, passar o condicionador ou máscara não é tão fácil quanto parece, sem dúvida esse é um dos vídeos mais explicativos que já vi.

 O cabeleireiro explica passo a passo o que pode e o que não pode ser feito nos diferentes tipos de cabelos, confiram:

 

Como lavar os cabelos de acordo com o seu tipo

Cabelos oleosos:
Ao lavar os cabelos, evite massagear o couro cabeludo com movimentos circulares. Procure esfregar, com o objetivo de retirar a oleosidade do mesmo. Após lavar as raízes, é necessário atentar para o comprimento e as pontas. Caso você os lave de maneira grosseira, acabará esfregando uma cutícula na outra provocando a abertura das escamas dos fios. O correto é massagear as pontas de cima para baixo, sem, contudo, esfregar.

Cabelos secos: Ao contrário dos cabelos oleosos, massageie o couro cabeludo com movimentos circulares a fim de estimular a oleosidade natural do couro cabeludo.

Fonte: Portais da Moda

Ingredientes que hidratam

Cabelos precisam de hidratação para ficarem maravilhosos! Todo o cabelo que não é hidratado naturalmente precisa de hidratação externa para ficar sedoso e bonito.
Por isso aqui vai uma super dica: procure esses ingredientes nos produtos que você comprar:

Emolientes: manteiga de Carité, óleos vegetais, germem de trigo, óleo de oliva ou nozes.
Proteínas: trigo, germem de trigo e soja.
Umectantes: pantenol, glicerina vegetal e sorbidol.
Hidratantes: amino ácidos e babosa.

Qual é o seu tipo de cabelo?
Veja a seguir o sistema de classificação de cabelos quanto à forma, por Andre Walker.

fonte: http://www.naturallycurly.com/hair-types

Tipo 1: Cabelos lisos
Não há muito o que adicionar quanto a esse tipo. 

 

Mas como todo cabelo precisa ser bem lavado, hidratado e evitar exposição demasiada ao cloro de piscina, no caso de cabelo claro para não alterar a cor e ficar esverdiado, além de ressecar. O mesmo acontece com o cabelo escuro, no caso o ressecamento. Usar produtos com filtro solar vale para todos os tipos de cabelos.

Tipo 2: Cabelos ondulados (2a – 2b – 2c)

 

Esse tipo de cabelo fica entre o tipo 1 que é liso e o tipo 3 que é cacheado.
Um tipo relativamente incomum nesse grupo são os grossos em forma de 'S'. Seu cabelo é ondulado, ou tipo 2, se as curvas em 'S' ficam de forma plana em relação ao couro cabeludo e não 'em pé' mantendo distância da cabeça que é o que acontece com o cabelo cacheado.Os cabelos tipo 2 são muitas vezes confundidos com tipo 3 porque é fácil alisar um cabelo cacheado deixando um efeito ondulado.
Mas não se engane, não é possível fazer o tipo 2 se parecer com o tipo 3 sem muito esforço.
Porquê? Ele ondula paralelamente a cabeça: mesmo se você cortá-lo em camadas, ele não ficará com as pontas para fora.
Há três subtipos do tipo 2:
A: fio fino e sem volume;
B: fio médio e texturizado
C: espessos e resistentes (grossos, duros)
Tipo 2A é muito fácil de manusear, fica liso ou cacheado facilmente. Os tipos 2B e 2C são um pouco mais resistentes e apresentam tendência para enrolar.

Dicas: Para o tipo 2ABC, o mais indicado é mousse e gel.
 Esse tipo de cabelo precisa de produtos ativadores de cachos ou defrisantes suaves. Para cachear deixe secar naturalmente ou use um difusor. Use clips próximo ao couro cabeludo para levantar os cachos e desgrudar o cabelo do couro. Uma vez que os cachos estão secos, esfregue um pouco de pomada na palma das mãos e passe suavemente ao longo do cabelo. Não use escova ou pente em cachos secos. Dormir sobre uma travesseiro de cetim é recomendado para reduzir emaranhados e frizz.

Tipo 3: Cabelos cacheados (3a – 3b – 3c)

No cabelo cacheado, existe uma nítida forma em 'S' espiralada. Se você puxar um fio verá que ele se parece com uma mola esticada.
Pode parecer duro, mas na verdade ele é normalmente, macio e muito gostoso ao toque. Como a cutícula não está alinhada o cabelo cacheado não é tão brilhante quanto o liso ou o ondulado. O fio acaba não tendo uma superfície muito lisa e por isso não reflete plenamente a luz. Enquanto molhado ele geralmente fica arrumado e quando seca ele se contrai e volta a ficar encaracolado. A umidade provoca um efeito ainda mais enrolado ou com frizz.
O tipo 3 tem bastante volume e é facilmente estilizado em seu estado natural, pode ser facilmente escovado para um estilo mais suave. Um tipo 3 saudável é brilhante, macio e forte. Os cachos são bem definidos. O tipo 3 danificado é geralmente duro ao toque, tem cachos mal definidos e apresenta frizz.

Existem dois subtipos de cabelo caheado. O tipo 3A, que apresenta cachos soltos, esse cabelo normalmente é muito brilhante e com grandes cachos. Quanto mais curto mais liso ele aparenta ser, quanto mais longo mais definidos são os cachos. Já o tipo 3B, apresenta cachos médios. Não é incomum encontrar os dois subtipos juntos. De fato, cabelo crespo geralmente consiste de uma combinação de texturas.
Dicas para o tipo 3A: Este tipo de cabelo precisa de hidratação e produtos ativadores de cachos, géis e cremes funcionam melhor. Deixe secar normalmente ou use difusor. Use clipes para levantar co cabelo próximo do couro cabeludo. Quando o cabelo secar passe um pouco de pomada na palma das mãos e passe no cabelo. Não use escova ou pente nos seus cachos secos. Recomenda-se que dormir com uma fronha de cetim.
Dicas para o tipo 3B: géis, cremes e cremes bem consistentes funcionam bem.  Este tipo de cabelo precisa de hidratação profunda e produtos para definir cachos e acalmar o frizz. Deixe secar normalmente ou use difusor. Use clipes para levantar co cabelo próximo do couro cabeludo. Quando o cabelo secar passe um pouco de pomada na palma das mãos e passe no cabelo. Não use escova ou pente nos seus cachos secos. Recomenda-se que dormir com uma fronha de cetim.

Adendo:
Os leitores do site Naturallycurly.com sugeriram mais um tipo, o 3C. Este tipo apresenta cachos bem apertados. Os cachos podem ser bagunçados ou muito apertadinhos, com muitos cachos juntos. É mais difícil alisar escovando esses cabelos do que os tipos 1 e 2 mas pode ser feito. Neste tipo temos os cachos bem apertados com fios finos como também com fios grossos.
O tipo 3C apresenta cachos com a espessura um lápis, já o tipo 3B apresenta circunferência parecida com um saleiro e o tipo 4a apresenta cachos com a espessura próxima de um canudinho.

Dicas para o cabelo 3C: cremes e manteigas funcionam bem, este cabelo precisa de muita hidratação, e muito cuidado pois ele geralmente é frágil. Deixe o cabelo secar ao ar livre e evite escovas ou pentes. No dia seguinte ou contra o frizz use cremes amanteigados (pomadas).

Cabelos crespos ou afro.

Tipo 4: cabelos crespos (4a e 4b)

Se o seus cachos são super apertados você é do tipo 4. Geralmente o tipo 4 lembra um aramado e é bastante frágil. Como tipo 3 o cabelo do tipo 4 parece ser grosso, mas é de fato bastante fino e com muitos fios unidos, geralmente não brilha mas tem resplendor. É suave ao toque e tem muita resistência. Ele é mais sedoso do que brilhante.
O tipo 4 parece duro mas as aparências enganam. Ele é o tipo mais frágil de cabelo, pois tem menos camadas de cutículas, o que significa que ele tem menos proteção natural contra danos. Quanto mais camadas de cutículas no cabelo mais forte contra danos o cabelo se torna.
Quanto mais química e processos mecânicos, mais você danifica a cutícula e mais ele perde hidratação interna.
Muitas mulheres usam químicas para controlar esse tipo de cabelo. No estado natural esse cabelo pode apresentar pouco crescimento devido a quebra pelo ato de pentear.Existem duas subdivisões deste tipo, o 4A que é forma cachos estreitos e que quando esticado tem a forma de 'S' muito parecido com o cabelo cacheado, e o tipo 4B que tem uma forma de 'Z', menos definido que o cabelo cacheado. O tipo 4A tende a ser mais hidratado que o tipo 4B que tem uma textura que lembra um aramado. Mas e se seu cabelo foi alisado quimicamente, como você poderá saber a qual subtipo você pertence? Observe o cabelo na raiz (pelo menos 2.5 cm) se você consegue ver uma curva (cacho) definido você é do tipo A, senão é do tipo B.

Adendo: complementando informações, o tipo 4 pode ser fino, médio ou grosso. Geralmente este cabelo é densamente unido e parece muito fino e frágil. 4A tem claramente visíveis curvas e ondas e apresenta muitas espessuras no mesmo cabelo.
Ele não apresenta o brilho e sedosidade dos cabelos de cachos soltos, mas ao invés tem resplendor e maciez, parecido com o algodão. Como os outros tipos de cabelo encaracolados, mostrar o tamanho real pode ser um desafio pois ele cresce para cima ou para fora antes de começar a crescer em sentido ao chão (pesando). Ele solto apresenta apenas 75% de seu tamanho real. Com o cuidado próprio e a técnica correta o tipo 4 se torna elástico, manuseável, resistente, cresce bem e é fácil de controlar.

Outra novidade no mercado que faz milagres nos cabelos é o DevaCurl… 

O que é o Deva Curl afinal?

 DevaCurl é um produto ecologicamente correto, pode ser usado em crianças e adultos e trata os cabelos mantendo sua forma original, mantendo sua beleza natural e os mantendo hidratados e controlados. Ele é fabricado com produtos botânicos 100% livres de sulfatos e não testado em animais. Está sendo trazido para o Brasil agora mas já é sucesso nos EUA há alguns anos!
Basicamente ele prega o não uso de sulfatos e silicones insolúveis no cabelo.
Sua aplicação é técnica e necessita de atenção pois muda a maneira como lavamos os cabelos já que é o único produto no mercado que tratam couro cabeludo e fios separadamente.
Algumas pessoas vivenciam um processo de adaptação ao novo produto e processo de utilização, outras pegam o jeito de primeira. Por isso sempre sugerimos que a primeira aplicação seja feita com um profissional confiável e treinado que lhe orientará melhor no uso dos produtos.

Aplicação do DevaCurl

Cabelos cacheados precisam de cuidados e técnicas diferentes das habituais em seu ritual de cuidados. A maioria das técnicas capilares que conhecemos são para cabelos lisos, é por isso que a aplicação dos produtos DevaCurl exigem pequenos cuidados extras.
Ter contato com cabeleireiros Deva (Miro e Dênis), mostrou o quanto é importante fazer um DevaDay com um profissional e aproveitar esse momento para retirar todas as dúvidas.
Cabelos enrolados, mesmo que possam visualmente ser bastante parecidos são muito diferentes entre si (textura, espessura do fio, definição dos cachos, quantidade de frizz etc).
Portanto, esse vídeo apresenta apenas uma sugestão de uso, das muitas adaptações que precisam ser feitas pela necessidade de cada cabelo.Este vídeo mostra uma aplicação básica, sem o uso do Low Poo. As adaptações devem ser feitas conforme as indicações do seu cabeleireiro.

**a quantidade de produto aplicada varia de cabelo para cabelo, fale com seu cabeleireiro;
**a quantidade de One Condition retirada do fio é pessoal e deve ser aconselhada por um cabeleireiro Deva;

Veja o vídeo:

 

 Receita caseira para hidratação:

Hidratação caseira leite e coco

fonte: http://capricho.abril.com.br/blogs/soscabelos/

Ingredientes:
– 1 xícara de leite quente
– 2 colheres de sopa de óleo de côco
Os dois ingredientes juntos garantem um brilho extremo aos cabelos cacheados.
Modo de aplicação:
Lave os cabelos normalmente e deixe-os úmidos. Espere o leite amornar e acrescente o óleo de coco no mesmo recipiente. Depois é só passar o líquido no cabelo todo e enrolar a cabeça em uma toalha quente e úmida.
Deixe agir por uns 20 minutos e enxágüe bem os fios.
Quem experimenta conta pra gente!

 Pré Poo

Pré poo significa pré shampoo e é um tratamento específico para cabelos afros ou muito danificados.
A idéia aqui é diminuir ainda mais a ação do shampoo. O pré poo não é nada mais que uma umectação seguida de lavagem normal e ajuda a manter a hidratação em cabelos crespos, cacheados e super danificados.
O processo é o mesmo da umectação ou hidratação reforçada: basta misturar um creme com óleos vegetais puro, não pode ter óleo mineral nem silicone junto e aplicar no cabelo ANTES de lavar, deixar agir por 30 minutos e lavar normalmente com o shampoo ou higienizador.

Volume, efeito esponja e a hidratação

Explicação visual do efeito esponja descrito do texto anterior traduzido, se você perdeu a matéria leia aqui: Umidade, umectantes e o cabelo.
Também há uma parte do vídeo (5:24) onde Ouidad mostra a diferença entre um cabelo bem hidratado e bem finalizado.
Por isso eu bato tanto na mesma tecla: hidratar, hidratar e hidratar.
Meu cabelo levou 4 longos meses, sendo hidratado 2x por semana para conseguir controlar o volume e o frizz, ficar sedoso, macio e brilhante.
SIM! Esses são apenas alguns benefícios que um cuidado intensivo de hidratação pode trazer, independente do tipo de fio.

Umidade, umectantes e o cabelo

*tradução livre
Ouvimos muito sobre umectantes, mas não sabemos bem o que é e nem como trabalham os umectantes.
Os umectantes são ingredientes usados em produtos para pele e cabelo que visam promover a retenção da umidade. São sustâncias que atraem água da atmosfera para o local onde foram aplicadas, melhorando a retenção da umidade e minimizando a perda de água pela evaporação.
Estes ingredientes são usados em muitos produtos, especialmente aqueles projetados para cabelos secos e danificados.

Efeitos da umidade do ar no cabelo e nos umectantes:
As leis da termodinâmica tem influência diária em nosso cabelo. Há uma força motriz na natureza para que tudo esteja em equilíbrio. As moléculas que estão em uma área de alta concentração em comparação com uma área de baixa concentração tendem a se espalharem por igual, equilibrando o sistema.
Por exemplo, quando um cabelo seco está exposto a um ambiente muito úmido absorverá gradualmente moléculas de água do ar (área da concentração mais elevada) para o cabelo (área da mais baixa concentração). O cabelo cacheado é especialmente suscetível a este tipo de difusão porque é naturalmente mais poroso do que o cabelo liso.
O cabelo exposto ao ar muito seco e sem proteção pode perder sua umidade e desenvolver uma textura desagradável tornando-se seco, volumoso e frizado. Igualmente pode criar até pontas duplas. Inversamente, a exposição desprotegida a umidade excessiva podem inchar o fio, fazendo com que as cutículas no exterior do cabelo abram desordenadamente e dando ao cabelo uma textura grosseira e desagradável. Claramente, nenhum dos dois efeitos é desejável.

Umidade Baixa:Baixas condições de umidade do ar como no clima muito seco onde não há nenhuma quantidade apreciável de água no ar para que o umectante a atraia à superfície do cabelo. Neste tipo de clima o melhor que se pode esperar da maioria dos umectantes tradicionais é que impeçam a evaporação da água do cabelo para o ambiente. Também, sob estas circunstâncias, há risco do umectante absorver a própria umidade do cabelo, agravando ainda mais o problema de ressecamento que ele deveria evitar.
É por isso que em climas secos é importante usar os produtos de condicionamento que confiram hidratação potente, misturado a pouco agente umectante. Entretanto, é interessante notar que os umectantes novos estão sendo desenvolvidos para terem bom desempenho mesmo em baixa umidade: hydroxypropyl bis-hydroxyethyldimonium chloride e dihydroxypropyltrimonium chloride

Umidade elevadaNessas condições, principalmente em locais tropicais – onde a umidade relativa pode facilmente alcançar ou passar 90% – há uma quantidade enorme de umidade no ar. Isto pode ser desastroso para o cabelo crespo.
Se o cabelo cacheado é seco e danificado é também muito poroso e absorve facilmente a água do ar. Em condições de umidade elevada isto pode fazer o cabelo inchar tanto que as cutículas ficarão abertas e levantadas, fazendo a superfície do cabelo ficar muito áspera. Estas cutículas podem desarrumar-se e enrolar-se umas nas outras criando muito embaraço. Também, o cabelo cacheado estando inchado pela água adicional pode perder seu padrão de onda, criando o temido frizz.
Claramente, os produtos com muitos umectantes agravarão problemas com umidade -induzindo o frizz. Alguns umectantes podem desenvolver uma sensação pegajosa quando se tornam saturados com água o que é uma característica indesejável para o cabelo. Assim, em climas tropicais e subtropicais, é essencial manter o cabelo bem hidratado (já que absorverão menos água do ar). E é preferível usar os produtos que contém poucos umectantes ou umectantes com menos capacidade higroscópica.
Devido a limitações e as armadilhas dos umectantes em condições meteorológicas extremas fica indicado o uso destes ingredientes para consumidores de cabelo enrolado em climas moderados: com temperaturas e umidade moderadas.
Exemplos de Umectantes:
Diols e Triols Propylene glycol 1,2,6 hexanetriol Butylene Glycol Dipropylene glycol Hexylene Glycol Glycerin Triethylene glycol Erythritol Capryl glycol Phytantriol Hexanediol or -triol cera de abelha
Umectantes de origem biológica Panthenol, Sodium PCA, Hyaluronic acid, Inositol Glycogen
Glicoses e açucares modificados Sorbitol Polyglyceryl sorbitol Glucose Fructose Xylitol
Proteínas Hidrolizadas Elastin, Collagen Silk Keratin
Éters Isoceteth-x, Isolaureth-x, Laneth-x, Laureth-x, Steareth-x PEG-x (polyethylene glycol)Silicone copolyols

Fontes: Naturally Curly/Fonte: Conteúdo do Blog:http://encaracoladas.blogspot.com

Recomendado para você

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *