Compartilhe:

Bife à milanesa: 2 receitas, a original italiana e a tradicional

Aprenda a fazer a verdadeira e original receita italiana de bife à milanesa, e mais uma receita versão costumeira e tradicional desenvolvida ao gosto de outros povos e como nós hoje conhecemos.

Publicado por: Redação

guidecucina.pianetadonna.it
guidecucina.pianetadonna.it

Pode parecer que o bife à milanesa é simples e que qualquer um sabe fazer. Porém sabemos que existe uma técnica que pode fazer com que eles beirem a perfeição! Apesar de simples, existe sim alguns truques no preparo que fazem a crosta ficar sequinha, sem soltar do bife, para que ele não se entorte na hora da fritura e que fique com boa aparência além de bom sabor.

Vendo o programa MasterChef dessa semana, me voltou a lembrança dos “bifininhos” empanados com aquela “crostinha” crocante que fizeram parte da minha infância e vida toda, assim como a de muitos brasileiros. Em casa, cresci comendo bife à milanesa que a minha mãe fazia aos domingos acompanhado de uma boa massa (como uma boa família de descendência Italiana).

E foi na exibição do programa que pude perceber que houve muita dificuldade para execução desse prato que para muitos é simples e fácil de fazer. Ai despertou a vontade de conhecer mais sobre o prato e fazer a matéria para passar as dicas para vocês sobre os truques dessa preparação.

Eu como a maioria das pessoas eu nunca atentei muito bem para a origem do famoso bife à milanesa, de tão popular que esse prato é aqui no Brasil. Mas ele tem uma origem bem complexa e longínqua.

Origem histórica

Sim, o nosso querido bife à milanesa tem sua história, ou podemos dizer algumas lendas sobre sua origem. Alguns dizem que este prato foi trazido pelas incursões de Marco Polo, ou seja, veio da China. E por coincidência porque o melhor prato do programa foi feito pela Chinesa Jiung.

Outra versão até mais conhecida e aceita, apesar de não haver comprovação, é de que a cotoleta alla milanese (se for à Itália, peça por esse nome) surgiu realmente na cidade de Milão nos relatos descritos do escritor italiano Pietro Verri. Neste livro, (storia de milano) ele descreve a cotoletta impanata frita na manteiga que foi servida na Igreja de Santo Ambrósio, lá por volta do ano de 1134. Outros dizem que a receita foi derivada do conhecido prato Austríaco, o wiener schnitzel durante a invasão Austríaca à Milão no século XVIII.

Bom, independente da origem, para nossa sorte o bife à milanesa continuou sua trajetória através dos tempos e veio a fazer parte da nossa culinária. E como em pesquisa descobri que existe uma receita original de bife à milanesa, a cotoleta alla milanese , resolvi publicar duas receitas. Essa que o originou e outra também tradicional, porém mais atual e próxima a que conhecemos. E claro que com as dicas de preparo.

Receita original do bife à milanesa (cotoleta alla milanese)

Fonte: ricette.pourfemme.it

Fonte: ricette.pourfemme.it

Esta é a receita original, ou pelo menos como é servida lá em Milão, a cotoleta alla milanese.

Uma particularidade é que a carne usada é a costeleta de Vitela, que na hora do preparo não leva sal antes da fritura. A explicação é que o sal iria fazer a carne soltar vapor, fazendo com que a crosta não se fixe ao bife como deve e soltar facilmente até mesmo na hora de fritar.

Receita original do bife à milanesa (cotoleta alla milanese)

Ingredientes

– 4 bifes de Vitelo;

– Farinha de rosca para empanar;

– 200 gramas de manteiga;

-2 ovos

Modo de preparo

– Com as costeletas já cortadas, bata os ovos com um garfo e deixe descansar por um minuto.

– Coloque a manteiga na frigideira em temperatura média para não queimar a manteiga.

– Empane a carne passando no ovo e em seguida na farinha de rosca

– Coloque a carne para fritar, deixe cerca de quatro a cinco minutos para cada lado. (Ela fica bem mal passada mesmo, no máximo ao ponto).

-Depois de fritar retire a carne do fogo e tempere com sal. Como já falei acima.

Costuma ser servido com uma salada ou um risoto. Se preferir tempere com sal na hora de servir os bifes.

Bife à milanesa: A tradicional com o nosso jeitinho brasileiro

eccolecco.it

eccolecco.it

O bife à milanesa tradicional como é preparo no Brasil é bem diferente da original italiana. A começar pela carne que aqui geralmente se faz com filé mignon, alcatra, patinho ou coxão mole e com tantos outros cortes de carne.

Outra diferença, é que a comida brasileira sem tempero não é comida brasileira né? Portanto, essa receita leva pimenta do reino e sal. Algumas pessoas adicionam alguma especiaria no tempero como tomilho por exemplo. Particularmente não gosto, pois se ficar algumas folhinhas perdidas na hora da fritura, elas queimam e deixam um gosto ruim. Mas cada um é livre para fazer a sua maneira ok?

Ingredientes

– 500 gramas de filé mignon, alcatra ou outro bife de sua preferência cortados em escalopes.

– Sal e pimenta-do-reino à gosto

– 200 gramas de manteiga

– ½ xícara de óleo de canola ou azeite

– 1 xícara de farinha de trigo

– 2 xícaras e meia de farinha de rosca

Modo de preparo

– Tempere os bifes com sal e pimenta-do-reino e reserve.

Dicas:

– Os bifes não devem ficar muitos grossos caso contrário irá soltar muito líquido na fritura. Umas espessura ideal varia entre três ou quatro centímetros, o que é o suficiente.

– Se o bife ficar muito grosso, coloque um filme plástico e aperte bem com uma penela apertando os bifes (dica do Chef Jacan). Ela vai ficar uniforme mas só funciona com carnes macias como o filé mignon. Para as outras carnes mais duras, você pode dar batidinhas leves com um martelinho culinário até ficarem uniformes e na espessura desejada. Como o exemplo da foto que é de um bife de carne de porco, mas foi só para ilustrar.

farofadechucrute.com

farofadechucrute.com

– Bata os ovos com um garfo e em um uma tigela. Reserve

– Coloque a farinha de trigo e a farinha de roscas e dois pratos separados.

– Passe os bifes em primeiro lugar na farinha de trigo, aperte bem e retire o excesso.

– Em seguida, passe o bife no ovo batido e logo depois na farinha de rosca. Aperte bem na farinha rosca para fixar essa camada. Deixe os bifes descansarem por aproximadamente 30 minutos.

– Depois do tempo de pausa, em uma frigideira, coloque a manteiga com um pouco de óleo, deixe aquecer e  frite os bifes por mais ou menos 4 minutos de cada lado.

Dica: Não precisa colocar muito óleo. O ideal é colocar a manteiga com um pouco de azeite ou óleo em temperatura média para não queimar a manteiga. Assim a carne vai ficar macia e a crosta não vai torrar.

– Coloque em papel toalha e sirva feliz da vida!

#

Recomendado para você

Comentários

4 Respostas para “Bife à milanesa: 2 receitas, a original italiana e a tradicional

  1. Jesuina Silva disse:

    Vou preparar amanhã, e depois comento pq/ eu só fritava eles no óleo, e a frigideira p/ metade de óleo.

    1. Cida Ramos disse:

      Olá Jesuina, obrigada pelo comentário!

  2. Letícia disse:

    Vou preparar tbm, Muito bom o blog, estou adorando, entro todos os dias esperando seus posts, hj em dia é muito dificil ver um blog tão familia como o seu, parabéns!!!

    1. Cida Ramos disse:

      Olá Letícia querida! Ficamos muito felizes com isso e eu em especial fico tão contente, tão satisfeita com isso. Nós tentamos fazer um trabalho honesto, com carinho e muito capricho. Não fazemos uso de matérias sensacionalistas, de conteúdo que explora a assuntos inconvenientes. Queremos um cantinho com informação, com um pouco de tudo que possa facilitar a vida, que possa enfeitar, adoçar e deixar as pessoas mais felizes. E ver que alguém vem aqui e nos diz isso que você disse nos deixa muito felizes. Muito obrigada pela sua visita de sempre e pelas suas palavras carinhosas que me fizeram ganhar o dia. Espero sempre corresponder as suas expectativas e se tiver algo que você queira ver aqui, por favor nos fale. Vou fazer de tudo para conseguir fazer. Um beijo enorme! Obrigada 🙂 <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *