Compartilhe:

Receita de Pastel: Receita do eleito melhor pastel de feira de São Paulo

O campeão das frituras Centenas de barracas de feira participam de concurso que, em 2009, elegeu o pastel de carne “da Maria” como o melhor de São Paulo O pastel da Maria: recheio úmido e bem temperado envolvido pelo envelope crocante Crocante, com recheio farto, bem temperado. Frito, sequinho, gostoso. Você poderá gostar de:Receita de […]

Publicado por: Cida Ramos

f1zb0m1327qxopszzv7iveu2y

O campeão das frituras Centenas de barracas de feira participam de concurso que, em 2009, elegeu o pastel de carne “da Maria” como o melhor de São Paulo O pastel da Maria: recheio úmido e bem temperado envolvido pelo envelope crocante Crocante, com recheio farto, bem temperado. Frito, sequinho, gostoso.

Você poderá gostar de:

Receita de Massa de Pastel
Receita de Rocambole salgado com de massa de pastel
Pastelão de forno

Não sabemos se existe alguma poesia em homenagem ao pastel, mas é certo que os apaixonados por fritura, em geral, suspiram por ele. Se supera ou não o amor pela coxinha, não dá para dizer. Mas é uma relação intensa. 

Foto: Tricia Vieira/Foto Arena

Negócio da Ásia: ele teria nascido na China, chegado ao Brasil com os portugueses. Mas quem vende, geralmente, é japonês 🙂 Negócio da China De origem chinesa, o pastel teria chegado ao Brasil por meio dos primeiros imigrantes japoneses que aportaram em São Paulo, em 1908. Há quem diga que é uma adaptação do rolinho primavera – também uma massa recheada e frita. “Já os portugueses acreditam que é uma adaptação da pastelaria lusa, de receitas como o pastelzinho de Belém”, diz Cláudia Moraes, coordenadora de gastronomia do Centro Universitário Senac, em Campos do Jordão, em São Paulo. Na avaliação do antropólogo Raul Lody, autor do livro Brasil Bom de Boca, os orientais foram os grandes criadores de massas em geral, no mundo. “Mas a origem de quase tudo que se come no Brasil está associada à colonização portuguesa”, completa. “Como os portugueses percorreram o mundo com as Grandes Navegações, acabaram trazendo consigo muito de outras civilizações. É deles também uma cultura ampla da pastelaria de rechear massas, depois fritar ou assar, doces ou salgados.” Em Portugal, aliás, o bolinho de bacalhau é conhecido como “pastel de bacalhau”. Já a origem da palavra é do latim pastellus, pastillum, que quer dizer pastilha, em português, pequeno pão. A importância dos japoneses não se dá só em relação ao pastel, mas nas feiras livres como um todo. “A maioria dos imigrantes orientais ao chegar ao Brasil se dedicou ao plantio de frutas e hortaliças, ao trabalho com granjas e, consequentemente, às feiras. Boa parte das barracas, até hoje, pertence a famílias japonesas, não só as de pastel”, acrescenta Lody. Receita de pastel de feira sabor pizza, por Renata Braune, chef e consultora do restaurante Chef Rouge, em São Paulo. A receita foi publicada, originalmente, no livro Larousse da Cozinha Brasileira, das autoras Guta Chaves (colunista do iG) e Dolores Freixa, historiadora.

_RECEITA DE PASTEL

INGREDIENTES

Rendimento: 20 porções Tempo de preparo: 2 horas

Ingredientes Massa
1kg de farinha de trigo 1/4 de xícara de chá de água 8 colheres de sopa de óleo 1 ovo batido 1 colher de sopa de sal 1 colher de sopa de glutamato monossódico

Recheio de pizza 5 tomates 200g de mussarela ralada grosseiramente 1 colher de sobremesa de orégano Sal a gosto

Preparo Massa Faça um monte com a farinha de trigo, cave um buraco no centro e coloque a água, o óleo e o ovo batido. Pro último acrescente o sal e o glutamato. Com a ponta dos dedos misture aos poucos até que fique uma massa uniforme, trabalhando-a com a mão até que fique lisa e homogênea. Divida a massa em três partes. Passe-as em cilindro por quatro vezes para deixá-las bem homogêneas e elásticas. Abra cada parte da massa com o cilindro ou o rolo, de forma que fique bem fina e com a mesma espessura.

Corte com uma forma redonda ou em retângulos (como os de feira), recheie com seu sabor preferido e frite em abundante óleo e quente. Recheio Corte os tomates em pequenos cubos, coloque sal, misture com a mussarela ralada e tempere com o orégano. Coloque no centro de cada pastel uma colher de sopa bem cheia de recheio. Pressione as bordas com a ponto de um garfo para ficarem bem fechadas e frite-os.

Fonte:IG

Recomendado para você

Comentários

2 Respostas para “Receita de Pastel: Receita do eleito melhor pastel de feira de São Paulo

  1. Nadja Gilaberte disse:

    Amei. Esta receita e D+
    Desde ja agradeco a atencao,
    Nadja

  2. Nadja Gilaberte disse:

    Adooooooorei.
    Esta receita E maravilhosa.
    Nadja

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *