A melhor receita de pão australiano para fazer em casa

Receita original do famoso pão Australiano parar você fazer em casa.

Se você também adora aquele pãozinho de entrada com manteiga batida ou até mesmo o pão australiano no hambúrguer, essa receita é perfeita pra você. A receita de pão australiano para você fazer em casa não é nada complicada e não precisa de inúmeras etapas como nos pães tradicionais.

Só para situar quem ainda não conhece o pão australiano. Esse é um pão preto com sabor intenso que ficou bem conhecido por aqui graças aos restaurantes Outback, que o servem como entrada com uma manteiga batida.

O sabor lembra muito o centeio, mas isso se deve mais pelo cacau em pó que dá esse sabor. Ele não é muito crescido, na verdade, é bem consistente mas sem ser duro. Muitos usam essa receita de pão australiano para fazer Hambúrguer também. No café da manhã então, combina sempre com aquela manteiga ou ovos mexidos.

Do que é feito o pão Australiano?

O conhecido pão do Outback é mais famoso por sua cor marrom escura, certo? Então, como eles conseguem que seja dessa cor? Possui cacau em pó, melado de cana e corante alimentício também (nem tudo é perfeito :/). Outro detalhe que fica uma delícia na receita, o mel! Sim, o sabor especial dele também se deve ao mel.

Essa sem dúvida não a receita de pão australiano comum aqui da internet. Procurei bastante até que achei essa versão, que mais combinava com o sabor original. Melado, cacau e mel!

Veja mais receitas interessantes


Receita de pão australiano

Ingredientes:

  • 2 ½ xícara de água morna;
  • ¼ xícara de óleo;
  • ½ xícara de mel;
  • 2 colheres de melado de cana;
  • 3 ½ xícaras de farinha de trigo integral;
  • 2 colheres de cacau em pó;
  • 1 colher de chá de sal;
  • 2 pacotinhos de fermento seco biológico;
  • 2-3 xícaras de farinha de trigo;
  • Fubá apenas para polvilhar.

Modo de preparo:

  1. Forre 2 formas de pão com papel-manteiga e reserve;
  2. Faça na batedeira com o batedor de pão ou manual mesmo em uma bacia grande.
  3. Na tigela de uma batedeira, misture a água, o óleo, o mel e o melaço até misturar bem.
  4. Adicione a farinha de trigo, o cacau em pó e o sal à mistura de água e misture em velocidade baixa até ficar homogêneo. Cubra a tigela com filme plástico e deixe a mistura descansar por 20 minutos (isso dará tempo à farinha para absorver os líquidos).
  5. Com a batedeira em velocidade baixa, misture o fermento, adicione a farinha de trigo, uma xícara de cada vez. Assim que a farinha for absorvida, aumente a velocidade para média e misture até que a massa grude no gancho e quase limpe as laterais da tigela, cerca de 3-4 minutos.
  6. Cubra a tigela com filme plástico untado e deixe a massa crescer até dobrar de tamanho. Isso demora 1 hora em média.
  7. Divida a massa em 4 pedaços. Molde a massa em 4 rolinhos. Coloque a massa na forma e deixe os pães descansarem até crescer por mais ou menos 1 hora.
  8. Leve ao forno pré-aquecido em temperatura média até eles dourarem em cima. Para as duas formas juntas, deve demorar uns 40 minutos em média. Cada forno tem as suas particularidades, então fique de olho aí certo?

Viu? Nem é tão complicado assim. Os tempos de pausa para crescer a massa são poucos, lembra muito quando a gente quer fazer massa de pizza, por exemplo.

Para motivo de comparação, uma receita de pão australiano bem conhecida (achei no site tudo gostoso) lembra um pouco esta. Também fica muito bom e a combinação dos ingredientes é até um pouco mais fácil de encontrar e fazer, olha só:

Receita caseira de pão do Outback

Ingredientes:

  • 3 xícaras de água morna
  • 4 colheres (sopa) de margarina ou manteiga
  • 1/2 xícara de mel
  • 4 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícara de farinha de trigo integral
  • 2 xícara de farinha de centeio
  • 4 colheres (sopa) de chocolate em pó (ou cacau em pó)
  • 8 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2 sachês de fermento biológico seco – 10g cada
  • Fubá fina para polvilhar

O modo de preparo desta receita é a mesma da anterior, não muda. A diferença fica por conta de alguns ingredientes como o açúcar mascavo no lugar do melado de cana, a farinha de centeio (nem sempre é fácil de encontrar).

Preste sempre atenção no ponto da massa. Ela tem que ficar mais “grudentinha”, nunca seca demais. O crescimento do pão depende muito disso também e aspecto final mais fofinho também.

Sirva quentinho com manteiga e delicie-se!!

Gostou dessa receita? Compartilhe aí!

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.